InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 Cadmo e Mizuchi - Batismo de Fogo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
Grande Mestre
Admin
avatar

Mensagens : 459
Data de inscrição : 06/11/2014

MensagemAssunto: Re: Cadmo e Mizuchi - Batismo de Fogo   Sex Maio 20, 2016 8:01 pm

Athena sorri mais uma vez para Mizuchi, enquanto Monalisa se despede com uma discreta reverência. Assim, o Cavaleiro corre até seu companheiro, mas no meio do caminho uma estranha visão o perturba. Ele para e olha na direção de alguma coisa, mas ela desaparece por completo.

A informação de Athena muda os planos de Cadmo. O Celestial vê seu amigo se aproximar, pedindo uma carona até a ilha que os dois tanto procuraram. Então Cadmo apanha Mizuchi e expande suas asas, surpreendendo os presentes. Sem mais nada a fazer naquele barco e com a presença da deusa ainda a lhe incomodar, ele parte.

Os dois guerreiros sobrevoam o mar em meio a noite, seguindo a direção dada por Athena. A lua estava escondida atrás de algumas nuvens de tempestade, não havia uma boa fonte de luz. Mas isso não impediu que os guerreiros avistassem um pedaço de terra, com algumas estruturas gigantescas e o brilho do fogo despontando aqui e ali.

Na velocidade do som, os dois pousam sobre sua margem mais próxima. Era um campo de pedras, onde as ondas do mar se chocavam com violência. Um lugar escuro e desolado, que nem bem os dois reconhecem, e começam a notar em alguns tremores que vão ficando cada vez mais fortes.

Algo estava se aproximando. Uma silhueta enorme e humanóide se destaca vindo da direção da ilha, e só quando está próxima o bastante é que os dois a reconhecem como um sacerdote da raça dos gigantes, com seus pés descalços, barba branca e longa e um cajado para lhe ajudar nas passadas.

- Vcs devem ser Cadmo e Mizuchi. Sejam bem-vindos a Isla Maldita. Eu sou Miklos, o clérigo de Thifon.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://blazecosmo.forumeiros.com
art09

avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 27/01/2016

MensagemAssunto: Re: Cadmo e Mizuchi - Batismo de Fogo   Sab Maio 21, 2016 6:53 pm

Estávamos sobrevoando o mar, para baixo e ao redor era quase um breu total, exceto pela lua que parecia se esconder de algo atrás das nuvens, o navio estava longe já, finalmente estávamos fora daquele barco, espero que a Senhorita Monalisa consiga dar conta caso alguém apareça lá, afinal Athena foi lá atras de min, se algo acontecer a ela, eu não me perdoaria, e nem quem vir atras de min caso algo aconteça com ela lá.

Antes de sair do navio, avistei uma sombra, algo que assim como o dragão em minha mente, me acompanha desde aquele maldito dia, algo que não gosto de lembrar...daquele povo, o que faziam com minha irmã... nessa hora balanço a cabeça antes que isso volta-se a me dominar, observo o mar abaixo e continuo pensando.

Ainda tenho as cicatrizes das amarras, essa sombra, era algo que eu via em certos momentos, em geral quando me envolvo em lutas assim, era algo que me observava, que segundo me informaram, algo que eu estava ligado, aquela sombra não era minha irmã, aquilo era algo ruim, algo que... algo que.. algo que parece me chamar, como se deseja-se que eu causa-se todo o mal que fizeram a minha irmã a cada um que aparece-se diante de min, se eu tive-se um terço do poder que tenho hoje quando aquilo aconteceu, como pude largar ela assim?! o fato é que agora isso me acompanhava e me tentava a aplacar essa raiva de maneira covarde em todos que não conseguissem se defender, isso era errado, mas não a raiva que sinto pelos deuses por não medirem seus esforços para saciar suas vontades aqui na terra, mas não mexiam um dedo para impedir essas coisas com aqueles que tem fé neles, sei que a humanidade esta na terra para ser punida, mas abandonar aqueles que mais confiam em você nas horas mais difíceis era algo que eu não aceitava, era algo que eu havia feito, mas eu amava minha irmã e ainda amo ela, enquanto o olimpo nunca se importou com nós por mais que cavaleiros, berserkers, espectros seja lá quem for lute pelo nome deles, basta ver esse pobre coitado que massacramos no navio, subiu lá gritando aos quatro ventos quem o havia enviado, e olha onde ele esta agora, lúcifer deve estar rindo desse cara e de todos nós que lutamos por uma guerra que no fim não era nossa, mas que nos atingia e nos obrigava a lutar por algo que se quer tolerava nossa existência...eles vão sofrer.. um dia...(nessa hora observo a ilha que se aproxima)...um dia.

A ilha surge na escuridão, ondas batiam violentamente contra ela, era possível ver estruturas gigantescas iluminadas por fracas chamas espalhadas, era uma cena surreal ver um pedaço de terra com construções grandes como as que víamos, Cadmo então se prepara e pousa rapidamente após me soltar na margem mais próxima, as ondas pareciam querer afundar aquela  ilha, onde pousamos é um local desolado, apenas rochas, a escuridão e a fúria das ondas estavam lá, olho para Cadmo e digo.

-Obrigado pela carona, mas como você ira recuperar o cosmo gasto lá?

Logo as pedras no chão começam a tremer, passos são ouvidos e logo percebemos uma silhueta alta, que se aproxima, e quando chega perto vemos que era um gigante, idoso e de aparência simples, algo que me faz pensar se ele era membro do povo que Athena mencionou que era perturbado pelos seguidores de Tullak, então ele se identifica como sendo o tal de Miklos, nessa hora, um pensamento me vem, e se esse cara for justamente parte do pessoal que Athena pediu para combater, espero que não mas temo que sim, então reverencio ele de forma respeitosa para cumprimenta-lo e respondo.

-Agradecemos as boas vindas Senhor, este é Cadmo e eu sou Mizuchi, recebemos sua mensagem.

Como Cadmo é ligado a Thifon, passo a palavra a ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Cadmo e Mizuchi - Batismo de Fogo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
JOGAR
 :: Quests Pessoais
-
Ir para: