InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
Mu.

avatar

Mensagens : 257
Data de inscrição : 20/02/2015

MensagemAssunto: Re: Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras   Seg Maio 09, 2016 3:54 pm

Off:
 

Crotus ouve as palavras de Hakaze, que aceita a missão... Ele sorri um pouco para a Amazona e fala...

Bem ao sul dessa terra... Onde o mar banha a costa existe um templo de uma Bruxa que a muito se deitou com Poseidon... Mas diferente do Deus dos Mares, ela se mostrou uma criatura vil e horripilante... Elimine-a, e assim, o ultimo trabalho da armadura não ficará sem ser cumprido...

Hakaze tinha agora uma outra missão, mas não era mais a passada pelo seu Mestre... A insegurança ainda pulsava no coração da Amazona... Uma criatura que nem mesmo um Cavaleiro de respeitada linhagem havia conseguido derrotar ?

Mas logo as palavras de seu mestre vêem a mente... Fora em um momento em que treinando, Mu a incitava a atacar a sua inquebrável muralha de cristal... Após sucessivas tentativas de quebrar, Hakaze já quase desistia, dizendo que era impossível para ela quebrar a muralha de uma cavaleiro de Ouro...

Hakaze... O poder de um cavaleiro, não está na sua tecnica ou não sua armadura... E sim, naquele que queimar mais o seu cosmo!

Após essas palavras, Hakaze elevou o seu cosmo ao limite e foi capaz de romper a Muralha de cristal...


O Fantasma sorri para Hakaze e começa a desaparecer... Caso Hakaze queira ainda alguma informação, antes de partir, teria que ser rápida...

_________________
Fala
Telepatia
Pensamento
Ação

"Não subestime o Cavaleiro calmo e sensato..."

Mú - Cavaleiro de Ouro de Aries

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hakaze

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 14/03/2016
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras   Ter Maio 10, 2016 7:13 am

Off:
 

Atentamente ouvi as palavras de Crotus e assim descobria a identidade do mal que havia vencido e tomado a vida de seu descendente. Mas o que me chamava a atenção era descobrir que essa bruxa havia sido uma amante de Poseidon. Me perguntava o quão poderosa ela poderia ser, e os dizeres de Crotus me deixava ainda mais apreensiva. Se ela fosse realmente o que ele descrevia, esse combate se tornaria algo totalmente arriscado.

Apesar de todo receio causado por aquela situação. Naquele momento fui tomada por lembranças de meu treinamento com o mestre Mu. E claramente suas palavras vinham a minha mente.

- O poder de um cavaleiro, não está na sua técnica ou na sua armadura... E sim, naquele que queimar mais o seu cosmo!

Apesar de dar-me segurança e motivação, o que eu realmente desejei foi que mestre Mu estivesse ali comigo. Ao recobrar minha atenção via que Crotus com um sorriso em sua face começava a desvanecer. Sem mais delongas fiz um ultimo pedido a ele:

- Senhor Crotus, poderia dar um jeito nos guardas esqueletos?

Assim que ele desapareceu completamente retornei à entrada. De frente a porta respirei fundo esperando não me deparar com aquela horda de mortos-vivos. Assim poderia rumar para o covil da bruxa com uma preocupação a menos.

_________________
Ação
Fala
Telepatia
Pensamento
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mu.

avatar

Mensagens : 257
Data de inscrição : 20/02/2015

MensagemAssunto: Re: Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras   Ter Maio 10, 2016 1:59 pm

As palavras de Hakaze soam ao vento... Nenhuma resposta era ouvida de volta... A Amazona de Unicórnio se recorda das palavras de seu mestre e sabe que mesmo que a oponente seja alguém com grande poder, ela poderá enfrenta-la...

Ao se dirigir a saída, assim que Hakaze vê o local onde diversos esqueletos patrulhavam a volta, não vê mais nada que uma colina verde, com lapides e ossos espalhados pelo chão. Apesar de ainda ser a vista de um cemitério, não parecia tão aterrorizante quando a primeira vez... Em seu coração, ela sabia que não era mais uma intrusa naquele local...

Dias se passam em que Hakaze corre a velocidades incríveis... O caminho até o local indicado por Crotus, possui poucas vilas e isso ajuda a Hakaze a se deslocar mais rapidamente, parando apenas para descansar e se alimentar...

Ao final dos 5º dia, era noite e a guerreira pensava em fazer uma fogueira para se abrigar durante a noite, mas um cheiro familiar a quando ela morava no Japão chega a guerreira... Sal marinho, com esse cheiro, Hakaze sabia que não estava tão longe assim da costa... Ao caminhar mais algum tempo, a guerreira avista a praia... Pela luz ao longe, poderia supor a existência de uma vila próxima. A Amazona ainda tinha que descobrir onde ficava o templo da Bruxa...

_________________
Fala
Telepatia
Pensamento
Ação

"Não subestime o Cavaleiro calmo e sensato..."

Mú - Cavaleiro de Ouro de Aries

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hakaze

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 14/03/2016
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras   Ter Maio 10, 2016 11:12 pm

Ao sair me deparei com um cemitério deserto. Parecia que meu Crotus havia atendido ao meu pedido. Apesar de não ser tão horripilante como anteriormente, ainda era um lugar desconfortável. Sem demora parti para o covil da bruxa.

Alguns dias de viagem já haviam se passado. E em meu caminho apenas alguns vilarejos. O que me garantiram um lugar confortável para descansar e uma boa alimentação. E na noite do quinto dia enquanto procurava um local seguro para passar a noite, pude sentir a maresia e assim saber que estava próxima de chegar ao meu destino.

Ao seguir viagem por mais algum tempo, avistei uma praia. E devido as luzes ao longe parecia existir uma vila. Sem muitas opções segui em direção a ela. Seria um bom lugar para conseguir informações sobre a localização do templo da bruxa e também poderia aproveitar para passar a noite. Até porque, naquele momento eu não ousaria procurar o templo, muito menos enfrentar a bruxa. Se for para fazer isso que seja sob a luz do dia.

_________________
Ação
Fala
Telepatia
Pensamento
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mu.

avatar

Mensagens : 257
Data de inscrição : 20/02/2015

MensagemAssunto: Re: Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras   Qui Maio 12, 2016 6:24 pm

Hakaze opta por não investigar a noite em busca do templo... Ela sabia que era preferível ter a luz do Sol como aliada, ao confrontar criaturas como bruxas...

Não demora muito e Hakaze alcança a vila, devem ter aproximadamente umas 15 casas, todas construídas de madeira, e alguns casos, lonas como telhado... A beira do mar, diversos barquinhos balançavam ao sabor do mar... Pelo horário, a amazona via apenas algumas pessoas caminhando, e as mesmas olham com curiosidade para a Amazona, sendo uma vila pequena, logo é vista como uma desconhecida... Uma criança a olha profundamente e corre na direção de uma casa, um pouco mais acabada que as outras, parecia ter muito mais tempo de construída... As luzes começavam a ser acesas nas casas, enquanto Hakaze caminhava, as pessoas pareciam apreensivas com a presença dela...

Logo um homem alto e bastante musculoso, se aproxima da Amazona e a sauda com um aceno, ao seu lado, tinha a criança que tinha corrido...

Bons ventos a trazem... Mas preciso saber se vc é uma calmaria ou uma tempestade... Quem é vc, garota do rosto oculto...

O homem cumprimenta a amazona de longe, a guerreira pode ver em sua cintura um porrete, feito de madeira e corais marinhos, nada que pudesse fazer frente a guerreira, mas ele se sentia mais seguro portando a arma. A criança se mantinha atras do homem, olhando curiosa para a guerreira...

_________________
Fala
Telepatia
Pensamento
Ação

"Não subestime o Cavaleiro calmo e sensato..."

Mú - Cavaleiro de Ouro de Aries

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hakaze

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 14/03/2016
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras   Sex Maio 13, 2016 10:08 am

Pouco tempo depois de avistar a vila, eu adentrava a mesma. Era uma vila pequena com construções simples feitas de madeira. Ao fundo pequenas embarcações, possíveis barcos de pesca, se encontravam atracados, moviam-se quase que em sincronia com as ondas. Apesar se ser tarde da noite, ainda haviam poucas pessoas a caminhar pela vila. As mesmas pessoas que voltavam seus olhares curiosos para mim, assim que minha presença era notada. O que mais me chamou a atenção foi uma criança local que me observava intensamente e então se pôs a correr até uma das casas, que parecia se um pouco mais antiga que as demais, devido ao desgaste.

Conforme caminhava vilarejo a dentro, percebi que as luzes se acendiam. Naquele momento mais do que uma desconhecida, me senti uma intrusa. Também me espantei com a velocidade as pessoas ali tornavam-se cientes de minha chegada. O receio dos habitantes locais com o meu aparecimento parecia evidente. Com isso não demorou muito para um grande homem de porte atlético surgir e me abordar. Possivelmente ele era a figura de liderança do vilarejo. Ele saudava-me com um aceno e logo ao seu lado estava aquela criança que havia me analisado tão intensamente.

Assim que o homem questionava, eu voltava minha atenção para ele. Observando-o melhor antes de lhe responder. Ele portava um porrete, não que isso fosse alguma coisa para mim. Mas se ele trazia uma arma suspeitando de uma jovem garota, me pergunto que tipo de ameaça aquele vilarejo já havia sido exposto. O que me fez agir com precaução. Afinal, eu poderia estar próxima ao templo da bruxa e ser confundida com ela. E isso geraria problemas desnecessários. Ainda mais que eles pareciam desconhecer sobre os cavaleiros de Athena.

Comecei a gesticular tentando me comunicar com o homem dizendo que não podia falar  e me aproveitando da curiosidade da criança, telepaticamente tentei conseguir o seu auxilio para me comunicar e aproveitar para começar a procurar pistas pelo ser mais sincero ali presente.

- Por favor, não tenha medo de mim. Eu sou uma heroína enviada para acabar com o mal que paira sobre este vilarejo. Infelizmente uma bruxa malvada privou-me da maioria dos meus poderes. Peço que não conte isso a ninguém. Você e eu podemos nos comunicar através de pensamentos. Entretanto eu não posso me comunicar com adultos, não até recuperar meus poderes. Por isso gostaria que falasse por mim, que fosse minha ajudante. Esse homem é o seu pai? Diga a ele que eu estava procurando de um lugar para passar a noite e encontrei essa vila. Não pretendo arrumar confusão e se possível gostaria que me permitisse passar a noite aqui e prometo ir embora pela manhã.

Tentei criar uma espécie de conto de fadas para a criança me ver como alguém do bem e me ajudar. Esperando que ela se visse com a ajudante da heroína que derrotará a bruxa malvada. Esperava apreensiva para ver a reação daquela criança. Talvez fosse um erro confiar tanto em uma criança. Mas era mais fácil de contestar as palavras dela, do que as de uma adulto.

_________________
Ação
Fala
Telepatia
Pensamento
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mu.

avatar

Mensagens : 257
Data de inscrição : 20/02/2015

MensagemAssunto: Re: Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras   Seg Maio 16, 2016 9:52 am

​A amazona se sentia como uma intrusa... Sendo uma estranha à noite em uma pequena vila, era evidente que os moradores tinham desconfiança... A criança observava Hakaze gesticular com o homem, ambos pareciam confusos, apesar de Hakaze muito gesticular, sem a sua expressão fácil, o homem não entendia muito bem... Mas a Amazona busca na criança, a capacidade de se comunicar...

Assim que Hakaze fala, a criança olha para os lados, assustada... Era uma voz que ela nunca havia ouvido e estava em sua cabeça... Mas tanto o homem quanto a criança olham assombrados para a guerreira... Quando mesmo sob a máscara, os olhos de Hakaze brilham como chamas...

Com isso a criança se dá conta que era Hakaze que falava... O Homem prontamente poem a mão ao cabo da arma e fala:

O que é vc... É uma criatura maldita...

Com uma das mãos, ele busca colocar a criança para tras... Ela ainda observava a amazona, apesar de ter falado que era uma heroína, os olhos de Hakaze passavam medo com o brilho vermelho... Mas logo uma voz doce e frágil vem à mente de Hakaze...

Seus olhos... Pq ficam assim ? Vc é mesmo heroina ? Outro herói já tentou... A anciã pediu que tomássemos cuidado, pois se nem o outro herói conseguiu derrotar a bruxa, não podíamos fazer nada...

A criança falava sobre outro herói a Hakaze, mas seria o cavaleiro de Athena que havia perecido em combate ? Logo a criança puxa o homem pela blusa e cochicha em seu ouvido algumas palavras... O homem mantém o olhar firme a Hakaze, desde o brilho flamejante, a sua mão estava sob o cabo da arma... Mas em virtude da criança ele fala...

Venha comigo... Vou te levar a anciã... Mas se tentar alguma coisa, eu vou acabar com vc...

O homem conduz Hakaze até a velha casa, onde uma luz fraca iluminava o local... Sentada ao fundo, a Amazona podia ver uma mulher muito idosa, seu rosto estava oculto na luz, ela ergue a cabeça ao ver o movimento a entrada e com a mão, chama para que se aproximem... A criança corre a seu ouvido e lhe fala algo... A velha balança a cabeça, confirmando e pede que a criança fique à frente... Mais uma vez o menino fala para Hakaze...

Minha avó disse que vc devia me falar quem é você é de onde veio... Ela disse que essa sua mascara lhe é familiar...

_________________
Fala
Telepatia
Pensamento
Ação

"Não subestime o Cavaleiro calmo e sensato..."

Mú - Cavaleiro de Ouro de Aries

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hakaze

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 14/03/2016
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras   Seg Maio 16, 2016 3:40 pm

Infelizmente a criança e o homem pareciam assustados e me encaravam, como se eu fosse uma inimiga deles. O homem até mesmo levou a mão a sua arma, de forma hostil, provavelmente se preparando para me atacar. Em seguida ele me confundia com uma criatura maldita. Eu realmente não entendia o que ocorria naquele momento, mas logo algo vinha em minha mente.

- Tsc... Como pude me esquecer de minha condição...

Mesmo vendo que o homem buscava proteger a criança, eu me abaixei para tentar me comunicar com ela. Já que a mesma ainda me observava. E antes de proferir qualquer palavra eu pude ouvir a meiga e delicada voz daquela criança ecoar em minha mente. Após ouvir tudo que ela tinha a me dizer, até mesmo uma historia sobre o descendente do Crotus, respondi suas perguntas.

- Meus olhos tornam-se rubros sempre que minto. Peço desculpas sobre isso. Eu sou uma heroína, mas não fui mandada aqui para salvar o vilarejo. Fui mandada para derrotar a bruxa. Porém se soubesse que pessoas estavam diante de tal perigo eu teria vindo antes, sem mesmo ser mandada por ninguém.

Apenas observei a criança puxar a blusa do homem e sussurrar algo em seu ouvido. Porém o homem em nenhum desviou seu olhar, mantendo-se fixo em mim, mesmo eu não demonstrando reação. No entanto eu entendia suas ações, ele procurava defender as pessoas importantes para ele. Com certeza eu também faria o mesmo. Na verdade se tivesse a força que tenho hoje, teria feito isso em um passado não muito distante. Logo recobrava minha atenção com as palavras daquele homem.

Assim eu me dispunha a seguir aquele homem até uma velha casa, iluminada por uma fraca luz. Dentro dela havia uma senhora idosa sentada ao fundo. Infelizmente não podia ver sua face, mas a via sinalizando com a mão, pedindo nossa aproximação. Agora a criança ia até a senhora e lhe sussurrava algo, ela então balançava a cabeça positivamente e após dizer algo a criança. O menino tomava à frente e começava a dizer o que provavelmente a senhora havia lhe dito.

- Meu nome é Hakaze Igarashi, Amazona de Bronze Unicórnio. Eu vim de Jamiel e estou em uma missão para o senhor Crotus. A principio minha missão era outra. Mas para cumprir minha missão inicial precisei aceitar a missão do senhor Crotus.

Agora aguardava que o garoto repassar minhas palavras a senhora e como a ela se pronunciaria. Entretanto aquela situação era desconfortável. Não conseguir ver o rosto daquela senhora causava me certa desconfiança. Talvez fosse apenas minha mente projetando naquela senhora a aparência das bruxas dos contos infantis que minha mãe me contava.

_________________
Ação
Fala
Telepatia
Pensamento
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mu.

avatar

Mensagens : 257
Data de inscrição : 20/02/2015

MensagemAssunto: Re: Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras   Qua Maio 18, 2016 11:26 am

A amazona se sentia acuada... A velha senhora oculta nas sombras, lhe trazia a mente seus medos infantis... As palavras são ditas a criança mentalmente e logo a criança trata de sussurrar a senhora... Hakaze pode ver que a mesma compreende as palavras e começa a se levantar... Todo o corpo da Amazona se retesa, mas logo a face da senhora pode ser vista... Uma máscara similar à sua era usada...

A criança ajuda a senhora a se levantar e logo ela fala...

A muito tempo eu também envergava uma armadura... Mas meu tempo de batalhas já chegou ao fim... Esse nome Crotus, não é familiar, mas eu havia solicitado ao Santuário o auxílio, mas o Cavaleiro enviado, não conseguiu derrotar a bruxa...

A velha abana a mão para o homem, e ele logo perde a postura de combate e relaxa os ombros... Ela se vira ao garoto e fala:

É tarde, ela deve estar cansada da viagem, arrume um local confortável para ela... Amanhã podemos conversar melhor, posso te contar a história dessa vila e da bruxa...

Hakaze sentia bondade na voz da senhora, um fino traço de cosmo podia ser sentido na senhora, evidenciando que um dia ela fora uma utilizadora da cosmo energia.

Logo a criança pega Hakaze pela mão e a leva a uma das cabanas, apesar de simples, havia ali uma cama e alguns utensílios domésticos e ao fundo um banheiro bem rústico, a criança retira uns panos de um armário e entrega a criança. Hakaze se via agora sozinha na cabana, o seu corpo pedia por descanso.

_________________
Fala
Telepatia
Pensamento
Ação

"Não subestime o Cavaleiro calmo e sensato..."

Mú - Cavaleiro de Ouro de Aries

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hakaze

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 14/03/2016
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras   Qua Maio 18, 2016 10:10 pm

Minha apreensão aumentava quando a senhora começou a se levantar. Sentia uma grande tensão sobre os meus ombros, mas ao avistar a uma mascara semelhante a minha sobre a face daquela senhora, fui totalmente surpreendida. E por um momento questionei o quanto infantil eu era por começar a deduzir coisas com base em historias infantis.

O garoto auxiliava a senhora a se levantar e assim ela contava-me brevemente sobre ter sido uma amazona, desconhecer Crotus e sobre ter solicitado a ajuda do santuário, mas infelizmente o mesmo não obtivera sucesso. Esse certamente era o descendente de Crotus. E com um simples movimento de mão o homem em prontidão finalmente parecia relaxar. E em seguida ela pedia ao garoto que me mostrasse um local onde eu pudesse descansar.

Antes de sair ela também prometera contar a historia da vila e da bruxa na manhã seguinte. Parecia que tudo caminhava bem. Ainda mais quando senti um resquício do cosmo daquela senhora. Realmente parecia que toda a historia era verdade. Sei que ainda tinha um certo receio, mas era mais uma preocupação com meu bem estar. Logo me comuniquei com o garoto.

- Agradeço a gentileza e bondade. Boa noite a todos.

Sem esperar senti a mão do garoto tocar a minha mão. E assim ele me conduzia até uma das cabanas. Era um lugar simples, mas nunca liguei para essas coisas. O que me importava era ter um teto sobre minha cabeça e um lugar onde eu pudesse descansar tranquilamente. A cabana possuía um banheiro e alguns utensílios domésticos, logo o garoto me entregava alguns panos que pegava do armário ali próximo. Assim que ele ia saindo eu lhe desejava uma boa noite.

Agora que eu estava sozinha retirava o manto que me cobria e em seguida retirava a armadura para que assim eu pudesse dormir mais confortavelmente. Eu cobria a cama com os panos, deitava-me na cama, retirava minha mascara a deixando do lado do meu corpo. Assim poderia pega-la rapidamente caso alguém entrasse ali e em seguida me cobria com meu manto para dormir. Sentia meu corpo relaxar e logo eu adormecia.

_________________
Ação
Fala
Telepatia
Pensamento
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Quest para Hakaze - O Cemitério das Armaduras
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
MENU
 :: Registros
-
Ir para: