InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Aiolia

avatar

Mensagens : 593
Data de inscrição : 24/02/2015

MensagemAssunto: Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão   Ter Mar 29, 2016 11:43 pm

Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão.

O jantar preparado por Thalia tinha um cheiro maravilhoso. Sentado sobre a mesa, Odisseu esperava ansioso que ela pusesse os pratos. Desde que perdera a visão na batalha contra Lúcifer, a musa cuidava ainda mais de seu marido, jamais deixando que aquilo fosse um empecilho para a relação de ambos. Pelo contrário, os dois estavam até mais próximos.

- Aqui, querido, espero que goste do que eu fiz hoje. – Diz ela.

Odisseu ouve o som dos seus passos se aproximando, sua voz carinhosa e o tilintar do prato de porcelana sobre a mesa de madeira. Ela estava atrás dele, com sua mão sobre seu ombro, e Odisseu agora sentia melhor o perfume dela do que o da comida.

Mas antes que pudesse levar o primeiro garfo a boca, alguém bate a porta. Thalia pede que ele fique enquanto ela caminha para atender. Porém, é inevitável que Odisseu se volte para trás ao sentir que quem quer que fosse a sua visita, era dotada de um cosmo poderoso e confuso.


Nathaniel e Anthea agora dividiam o mesmo casebre em um dos vilarejos que cercavam o Santuário. Os dois haviam acabado de retornar de Asgard, e mal tinham curado as feridas do corpo. Mas o companheirismo que se tornou amizade, e a amizade que se tornou amor era tão agradável que eles mal se lembravam dos maus bocados que passaram naquela terra de gelo e desgraça.

Os dois estavam deitados sobre o telhado da casa, observando suas constelações naquela noite tão limpa. As oito estrelas de fênix brilhavam num tom vermelho, enquanto as cinco estrelas de cavalo menor reluziam em tom celeste.

Aquela noite estava tão agradável que os dois chegam a pegar no sono, deitados sobre as telhas. Anthea já não usava mais sua máscara na presença do anjo, e embora ela tivesse uma aparência normal para outros, Nathaniel a enxergava como uma das humanas mais belas que já viu.


“Nathaniel. Nathaniel.” Uma voz chamava, uma voz que Nathaniel já havia conhecido uma vez. “Nathaniel, de pressa, venha aos meus aposentos.” Athena suplica.

_________________
O herói valente como um leão, sempre lutando por Athena.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão   Qua Mar 30, 2016 12:27 am

Minha doce Thalia, se não fosse sua presença em minha vida, talvez tivesse caido em tristeza por não ver o mundo que tanto amava, mas sua presença ao meu lado me dava uma força que não sabia que era possível eu ter em meu peito. Maior que qualquer cosmo que já havia sentido e olha que havia enfrentado criaturas que fariam os celestiais novatos terem pesadelos.

Mas, agora nada importava eu estava bem, estava feliz. Havia aprendido muito com Thalia e os habitantes da vila que muito gentilmente me acolheram. Sem visão usava melhor meus sentidos, e o aroma e sabor do jantar preparado por Thalia rivalizava com os da ambrósia servida nos salões do Olimpo.

_Minha amada musa, obrigado por cuidar tão bem de mim, quando ainda me recupero. Jamais poderei lhe agradecer.

Iria por o primeiro garfo na boca quando batem na porta, minha doce Thalia se apronta para atender, quando sinto um cosmo confuso, poderoso, mas confuso. Por reflexo levanto-me e me coloco na frente de minha amada.

-Boa noite - digo de forma educada - acalme-se e me diga quem é o que faz aqui a essa hora.

Tentaria analisar o cosmo dele, saber se era de alguem que já conhecia ou não.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Fenix

avatar

Mensagens : 163
Data de inscrição : 10/03/2015

MensagemAssunto: Re: Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão   Qua Mar 30, 2016 2:26 pm

Após as duras batalhas em Asgard... Havíamos retornado ao Santuário, Anthea agora me acompanhava e dividíamos a mesma casa... Os dias e noites eram ainda melhores agora, alem do meu amor por Athena, sentia em meu coração pulsar também o amor pela Amazona, sem a sua mascara via que era a garota mais bela que já tinha visto...

Contemplávamos as estrelas sob o céu noturno quando adormecemos... Ainda com Anthea em meus braços, ouço a doce voz da minha Deusa me chamando... Ela parecia preocupada... Me levanto sem despertar a minha doce amazona e a colocaria sobre a cama, lhe deixando um bilhete... Logo vestiria a minha armadura, visto que nós Cavaleiros não podíamos nos apresentar a Deusa sem as nossas vestes sagradas...

Iria tomar o caminho mais curto que me fosse permitido pela minha patente para chegar a presença de Athena.

Ao me aproximar, iria me curvar pedindo a sua benção...

Minha Deusa...

_________________
Fala
Pensamento
Ação

"Uma técnica não funciona duas vezes com o mesmo cavaleiro"

Nataniel de Fênix - Cavaleiro de Bronze de Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aiolia

avatar

Mensagens : 593
Data de inscrição : 24/02/2015

MensagemAssunto: Re: Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão   Ter Abr 05, 2016 11:24 pm

Thalia caminhava com tranqüilidade, quando Odisseu em sua grande velocidade, praticamente se materializa na frente dela. A musa, claro, se surpreende. Odisseu estava preocupado demais com o cosmo confuso que sentia. A batalha contra Lúcifer não fora a muito tempo, e seus asseclas ainda poderiam estar querendo vingança.

- Por acaso estou falando com o mestre Odisseu? – Pergunta uma voz estranha do outro lado da porta.

Essa voz não era humana, era delicada demais. Odisseu não podia discernir se era um homem ou uma mulher, porque esse som era diferente de tudo que já tinha ouvido. Nesse instante, Thalia põe a mão sobre o ombro de Odisseu e o alerta sobre alguma coisa nas frestas da porta.

- Odisseu. Luz. Muita Luz. – Diz a musa.


Após ouvir o chamado de Athena, Nathaniel apanha a Amazona em seu colo e a leva ao interior da casa onde moravam agora. Ao alcance de sua mão havia pena, papel e tinta, e ele os usa para escrever um bilhete que não a deixasse preocupada. E silenciosamente, ele veste a sua sagrada armadura de Fênix.

Nathaniel pretendia percorrer os atalhos até o Salão do Mestre que só os Cavaleiros conhecem, mas assim que cruza os umbrais de sua casa, um portal dimensional surge a sua frente, tragando-o sem que ele nada pudesse fazer.

O jovem guerreiro surge em um grande espaço escuro. Atrás dele havia uma cortina vermelha fechada, e a frente, uma cortina de mesma cor entreaberta. Pela fresta, ele vê uma jovem de corpo e feições delicadas se levantando em suas roupas de seda. As madeixas de cor lilás não deixam dúvidas sobre quem ela era. Nathaniel, muito devoto, logo se ajoelha, mantendo sua cabeça baixa.


- Perdoe-me chamá-lo esta hora, Nathaniel e tão logo depois da sua dolorosa passagem por Asgard. Mas tenho uma missão especial e secreta, que somente você pode executar. Sei que você é origem angelical, mas se eu lhe pedisse para salvar a humanidade por mim, você o faria? – Athena pergunta.

_________________
O herói valente como um leão, sempre lutando por Athena.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Fenix

avatar

Mensagens : 163
Data de inscrição : 10/03/2015

MensagemAssunto: Re: Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão   Qua Abr 06, 2016 1:23 pm

Me dirigia aos caminhos do Santuário... Um portal surge me tragando para uma sala, olho a volta, mas logo me coloco de joelhos... A Deusa da Justiça estava ali...

Por entre a cortina, eu conseguia ter um vislumbre da sua beleza, considerava Anthea a mortal mais bela dentre todas que havia visto sobre a terra... Mas a beleza de Athena, era acima do limite humano! Era a beleza de uma Deusa!

Ela é linda... E seu cosmo é Divino... Ainda mais que os outros Deuses...

A sua voz ressoa em meus ouvidos, mas é em meu coração que ela fala... Sem levantar a vista lhe respondo fazendo o meu cosmo ressoar toda a justiça e esperança que meu coração tem pela Deusa e pela humanidade...

Minha Deusa! A minha existência é para servi-la e protege-la... Sim, desafiaria todos os Deuses e romperia os céus para salvar aqueles que habitam o divino coração da Senhorita! Não importa a missão, a concluirei mesmo que tenha que superar o limite da minha existência...

Me mantinha curvado, com as minhas asas abertas e abaixadas em sinal de respeito e devoção...

_________________
Fala
Pensamento
Ação

"Uma técnica não funciona duas vezes com o mesmo cavaleiro"

Nataniel de Fênix - Cavaleiro de Bronze de Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão   Qui Abr 07, 2016 12:33 am

_Desculpe -me minha amada imortal - digo para Thalia quando percebo que a assustei.

Mantenho-me a frente da porta, protegendo minha doce esposa enquanto ouço uma voz inumana, mas nem por isso ameaçadora chamar pelo mestre Odisseu.

Não reconhecia a voz, não se parecia com nada que eu tivesse já visto e sabia que havia visto muito. Algo me intrigou.

-Sou Aeterno de Odisseu, não sou mestre de nada nem ninguem. Quem deseja falar comigo.

As palavras de Thalia me incomodaram ainda mais, luz passando pela porta e pelo tom era muita luz, com um gesto pedi que ela fechasse os olhos e se afastasse, abriria a porta.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aiolia

avatar

Mensagens : 593
Data de inscrição : 24/02/2015

MensagemAssunto: Re: Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão   Sex Abr 08, 2016 11:20 pm

As palavras de Nathaniel arrancam um doce sorriso de Athena, ao mesmo tempo em que a comove. Olhando para ela, Nathaniel nota uma lágrima escorrendo por seu belo rosto, ao qual ela seca com muita rapidez. Ela então se aproxima mais, ficando o mais próxima que já esteve de um Cavaleiro.

- Odeio enviar meus Cavaleiros em missões tão perigosas, mas não há mais ninguém em que eu possa confiar uma missão assim. – Diz ela.

Athena desliza sua mão sobre o rosto do anjo, e ao apoiá-la delicadamente em seu queixo, faz com que ele fique de pé, olhando em seus grandes olhos. Assim, Athena lhe dá as costas, passando a agir com naturalidade.

- Você conhece, Nathaniel, a história de Prometeu? – Ela pergunta. – Foi ele quem roubou o fogo do Olimpo e entregou a humanidade. Se não fosse por este gesto divino, o mundo seria frio, escuro e desolado. Os Deuses o punem injustamente.

Para Nathaniel, era muito estranho ouvir Athena falar daquela forma, já que ela também era uma Deusa. Isso também era contraditório para o anjo, já que a graça havia sido dada a ele exclusivamente para servir aos Deuses.


Odisseu se mostra preocupado com a voz que ouve e a luz de que sua mulher fala. Ele não entende o fato de ser chamado de mestre. Então pede que Thalia feche seus olhos e se afaste, abrindo a porta que o separava de seu estranho visitante.

O guerreiro não podia enxergar, mas a luz que o visitante emitia era tão poderosa que Odisseu podia senti-la contra sua pele. Educadamente, o visitante se mantém do outro lado, mesmo depois de o anjo ter aberto a porta.


- Isso é muito estranho. O Deus que me enviou aqui me disse que você é um mestre manipulador da luz. Por um acaso você não é o Odisseu que esteve na batalha contra Lúcifer? – Ele pergunta com aquela voz singular.

_________________
O herói valente como um leão, sempre lutando por Athena.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão   Sab Abr 09, 2016 12:50 am

A luz era magnifica, meu corpo sentia em cada átomo essa luz, uma pureza que jamais tinha visto. Aquilo ao mesmo tempo que enchia meu corpo de surpresa o completava com uma alegria indescritível, não sentia medo, mas algo me atraia naquela luz.

_Sou sim Odisseu estive no combate contra meu irmão caido, consigo ter intimidade com o elemento luz com maestria, mas por favor não me chame de mestre, apenas de Odisseu.

Tentaria arrumar um jeito de Thalia ficar na sala comigo, se não fosse possível pelo menos a deixaria ouvir a conversa.

_Disseste que um deus lhe enviou, mas qual deles, estou sempre pronto a servir aos deuses, porém sinto eu sua voz uma certa angustia. Algo está acontecendo, ainda é reflexo da rebelião do traidor.

Demonstrava calma e tranquilidade tentando acalmar o ser que a minha frente estava.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Fenix

avatar

Mensagens : 163
Data de inscrição : 10/03/2015

MensagemAssunto: Re: Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão   Seg Abr 11, 2016 1:50 pm

Vejo uma lagrima escorrer do rosto de Athena... Mas meu coração bate ainda mais forte quando ela se aproxima de mim... A sua voz ressoa em meu coração...

O seu toque é mais poderoso que de todos inimigos que ja enfrentei... Apenas um gesto seu, e me levanto encarando os seus olhos... Eram os olhos de uma Deusa... Meu coração batia forte, a poucos instantes eram os olhos de uma mortal que eu venerava, mas ao pousar os olhos sobre o olhar de Athena, me sentia tragado para um universo só nosso...

Ela se afasta e novamente é como se o universo voltasse a existir... Ela me fala sobre Prometeu, ela assim como os que habitam o Olimpo eram Deuses... E Prometeu havia lhes roubado o fogo... Mas eu sabia o por que ele havia feito isso... Assim como eu abandonei aos ceus para servir a humanidade por Athena...

Sim minha Deusa... O ato de Prometeu foi o de maior honra e orgulho.... Mas nem todos os Deuses possuem o coração puro e repleto de amor como aquela que cuida e protege a humanidade... Ele foi preso por sentir em seu peito, o amor pelos mortais e pela criação divina... Hoje, paga o preço pelo seu ato, mas não acredito que se arrependa, afinal, foi o fogo que trouxe a vida a terra...

Me manteria de pé, a observando... Procurava imaginar que tipo de missão seria essa que deixava Athena tão aflita...

_________________
Fala
Pensamento
Ação

"Uma técnica não funciona duas vezes com o mesmo cavaleiro"

Nataniel de Fênix - Cavaleiro de Bronze de Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aiolia

avatar

Mensagens : 593
Data de inscrição : 24/02/2015

MensagemAssunto: Re: Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão   Sex Abr 15, 2016 12:11 am

- Como preferir, mest... Quer dizer, Odisseu. – Concorda aquele ser.

Quando Odisseu entra ao lado de seu visitante, percebe que os movimentos dele produzem um som vítreo. O anjo então pede que a musa se aproxime, mas o visitante põe a mão em seu ombro e lhe aconselha a não permitir, já que a luz que ele irradia pode ser prejudicial aos olhos humanos.

Na sala, Thalia não estava presente, mas Odisseu pode sentir a presença dela no cômodo ao lado, onde ao seu desejo ela poderia escutar a vontade. Após as palavras de Odisseu, a criatura então explica o motivo de sua presença.


- Talvez. A verdade é que estou aqui a pedido a pedido de Hélio, o antigo Deus-Sol, que agora repousa em seu templo, desfrutando de sua aposentadoria. Como você deve saber, ele é uma divindade muito antiga, mas um criminoso deste mundo decidiu perturbar sua paz, roubando algo que lhe pertence. – Conta este ser, sempre elegante e muito gentil ao falar. – Ouvi dizer que você é um homem de dois mundos, Odisseu, que apesar de ser um anjo, prefere viver entre os humanos. É a pessoa perfeita para me ajudar a solucionar este problema, visto que eu nada sei sobre a terra.


Athena mais uma vez se volta para Nathaniel, contente por ele demonstrar conhecer muito bem esta história tão antiga. Isso encurtava as coisas, e quanto a Deusa se reaproxima de seu Cavaleiro, é para fazer a sua súplica final.

- Você tem toda razão ao ressaltar a importância deste fogo à vida na terra. O problema, é que mais uma vez ele foi roubado, e temo que não com boas intenções. – Diz ela.

A voz de Athena estava contaminada por uma tristeza que ela tentava a todo custo disfarçar. O fardo que ela carregava era enorme, pois além dos problemas dos humanos, os problemas dos Deuses também a afetava. E era tarefa de seus Cavaleiros tentar aliviar o peso que a Deusa da Justiça carregava para si.

- Por favor, Nathaniel. Use as belas asas que meu pai lhe deu e voe até o templo de Hélio no lado oculto do Monte Olimpo. Eu preciso ajudar o antigo Deus-Sol, e nada melhor do que um Cavaleiro manipulador do fogo para isso. Você tem todos os recursos do Santuário de que precisar. – Ela finalmente pede.

_________________
O herói valente como um leão, sempre lutando por Athena.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Odisseu e Nathaniel – O Início da Escuridão
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 5Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
JOGAR
 :: Quests Pessoais
-
Ir para: