InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 A Saga de Malphas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 13 ... 20  Seguinte
AutorMensagem
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Saga de Malphas   Qua Abr 08, 2015 5:52 pm

Ouço atentamente as palavras de Athena e Shion. Entendia abertamente sua preocupação e fico horrorizado ao saber que uma amazona da deusa da sabedoria, havia sido maculada.

-Sim, estou ciente de tais fatos, a algum tempo segui o cosmo maligno de uma assecla de Baba, que quase conseguiu reviver um carrasco e como a senhorita Athena deve se lembrar, eles são bom melhor nem dizer. Felizmente consegui impedir a ressurreição dele e matei sua assecla, mas conforme consta ela era apenas uma. Em minhas investigações encontrei o nome de algumas outras de suas asseclas, e essa que eu eliminei era no passado uma amazona de Athena que almejava ser uma santa de ouro e foi por seu antigo mestre induzida a pensar assim, que ela poderia, quando descoberta a verdade ela se rebelou.

Dou uma pausa e olho para os três.

_Estou aqui para proteger os inocentes, os que necessitam de ajuda e principalmente apos saber sobre as amazonas, proteger Thalia - digo olhando de forma carinhosa e amorosa para ela. - minha missão senhor Shion é para com Zeus, mas lembre-se que ele deu de presente a Terra para sua filha amada, e eu vou garantir que o presente continue nas mãos dela. Vou de bom grado atras dessas criaturas, eliminar todas de forma rápida, esse mundo merece paz e não mais destruição.QUando começo?

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Saga de Malphas   Qui Abr 09, 2015 2:00 pm

"Mas que sujeitinho rude", pensei, segurando-me para não dar um corretivo nele.

De qualquer forma, eu apenas sorrio. Não estávamos ali para arranjar confusão, mas para descobrir qual daqueles palhaços achou que poderia ferir o corpo mortal do senhor Hades. Em seguida, percebo que Raika abre telepatia comigo.

"Ok. Fique de olhos abertos, acho que seremos tratados com muito desprezo por aqui." Aviso a ela.

_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Drinian

avatar

Mensagens : 172
Data de inscrição : 06/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Saga de Malphas   Sab Abr 11, 2015 3:25 pm

Seu coração se acalmava e se alegrava de ver que Greta havia acreditado nela, porém logo isso se desfazia quando o via os animais conseguindo entrar na casa.

-Vá na frente!
- Dizia. Mais uma vez ela pegava o arco e começava a mirar e atirar flechas contra os animais ou homens, ainda não sabia ao certo o que eles eram. - Greta, não se afaste muito. Me guie, afinal a casa é sua. - Por dentro, ela mesmo estranhava a maneira como falava com a menina. Não estava se sentindo a mesma.

"O que está acontecendo comigo?"

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alexia.

avatar

Mensagens : 312
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Saga de Malphas   Dom Abr 12, 2015 10:07 am

Com a cabeça baixa, eu acompanho Calisto na companhia de Calíope. Para a minha surpresa ela me leva até a sala da deusa, e com pressa, me atiro ao chão de joelhos em sinal de total respeito.

"Ela é... Tão linda. Estou olhando pra ela com o mesmo brilho nos olhos com eu olho pra lua no céu"

Em seguida Calisto conta a deusa o motivo de estarmos ali, e a deusa se aproxima para me explicar. O que ela diz é muito assustador.

"Um carrasco? Mas o que é isso?"

Melhor não perguntar agora, a deusa parecia querer que eu fosse até a satélite pra ontem. Fiz que sim com a cabeça e respondi:

- Sim, senhora!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Grande Mestre
Admin
avatar

Mensagens : 459
Data de inscrição : 06/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Saga de Malphas   Dom Abr 12, 2015 2:45 pm

Raika & Pantheras:

Berengue sorri, enquanto na expressão de todos os outros os dois Espectros encontram desconfiança, desprezo e deboche. Sentimentos assim sempre precedem a chegada dos servos de Hades, o preconceito com a morte é algo inerente aos seres vivos.

- Um presente para o senhor Zeus, vindo de Hades? Isso é realmente uma surpresa.

Após dizer isso, Berengue olha para dois rapazes, e estes abandonam a companhia das belas mulheres e se aproximam da conversa. Um tinha cabelos loiros claro esperados e o outro cabelos castanhos penteados para o lado.

- Queiram nos seguir, por favor.

Ao pedir isso, Berengue dá as costas para os dois Espectros e caminha de forma elegante a um corredor, sendo acompanhado pelos dois Celestiais que se aproximaram.

[Caso vcs os acompanhem]

Todos passam por uma rede de corredores, que chega a parecer um grande labirinto, mas enfim chegam a um salão, onde vapores refrescantes emergiam do solo. Por trás da cortina de vapores os Espectros e veem. Era um homem muito alto, de cabeleira prateada, vestindo uma armadura de um material que os dois jamais haviam visto. O homem estava sentado em um trono de ouro, e olha para aqueles que entram com uma expressão de indiferença.

- Soberano, estes dois Espectros vieram a nós, alegando que trazem um presente de vosso irmão.

Então aquele era Zeus, Raika e Pantheras perceberam pela forma submissa com que Berengue o tratou. Com o mesmo olhar indiferente, o Rei do Olimpo fita os dois Espectros e o sarcófago que traziam, e então pergunta com a voz potente de um Deus:

- Diga, servos de meu irmão, vcs temem ao Rei dos Deuses?

Zeus:
 


Odisseu:

Todos ouvem a história do Celestial com naturalidade, e Odisseu percebe que não havia nada em suas palavras que eles já não soubessem, mas diante da sua promessa de proteger os inocentes, Athena se mostra satisfeita. Ela se aproxima, colhe as mãos do guerreiro com as mãos delicadas dela e diz:

- É bom saber que meu pai possui guerreiros assim entre os seus. Sua ajuda é de uma utilidade inestimável para nós. Mas por enquanto eu peço que descanse. Posso ver o desgaste em sua armadura, parece que andou lutando. Repouse um pouco, e mais tarde mandarei um dos meus guerreiros procurá-lo para começar a investigação.

Thalia precisa ficar próxima a Athena e a Shion. Ela e o Celestial se despedem. Servos conduzem Odisseu até Rodório, uma vila vizinha ao Santuário. Lá ele é acomodado na casa de uma família humilde, que o trata muito bem, alimentando-o e cuidando de suas feridas.

Vilarejo Rodório:
 

Odisseu estava agora sobre uma cama de palha, com algumas ataduras sobre o corpo. Sua Glória estava montada bem ao seu lado, estava limpa e brilhando, graças a uma polida que a filha mais nova do casal deu. O Celestial dormia um sono leve, quando foi desperto primeiro por um pesadelo, onde viu uma mulher de manto negro segurando nas mãos a cabeça de Zeus e de Thalia. Depois foi desperto por uma batida na porta. Do outro lado, um homem avisa:

- Senhor, uma amazona está lá fora esperando pelo senhor.


Drinian:

Greta corre até a porta dos fundos na cozinha, mas ela não atravessa, fica com a porta entreaberta, te olhando, então ela suplica:

- Drinian, por favor, vamos embora. Eles são muitos!

As criaturas começavam a entrar, e Drinian atira sua primeira flecha.

Drinian usa seu arco: Poder de Fogo 2 ( +6 por arma especial) + Habilidade 2 + 1D (4) = FA 14

Criatura se defende: Armadura + Habilidade + 1D = FD 5


O homem-morcego tenta colocar a asa na frente para se defender da flecha, mas tão precisa era sua flecha que ultrapassa a membrana da asa e atinge a cabeça da criatura, matando-a na hora. Drinian havia feito tudo com enorme facilidade, porém, outras criaturas haviam entrado na casa. Agora haviam três, e elas começam a avançar.

Iniciativa:

1° Drinian: Habilidade 2 + 1D (3) = 5
2° Monstros: Habilidade + 1D = 4


Aléxia:

Ao ouvir as ordens da própria Ártemis, Aléxia e Calíope se preparam para viajar até Friburg, em busca da guarda que poderia estar em apuros. Calisto guia as duas até a saída do templo, e curiosa, a musa de Apolo tenta matar sua curiosidade:

- Com licença, senhora... Para onde estamos indo? Achei que a deusa Ártemis tinha pressa que chegássemos à Freiburg.

Calisto não olha para trás, continua caminhando pelos desfiladeiros aos pés do Monte Olimpo, por um momento parecia que ela não iria responder, quando de repente começa a falar:

- Não costumamos usar muito este artifício, é uma passagem que somente os deuses tem permissão de usar, e a senhora Ártemis estaria encrencada com o Olimpo se descobrissem. Mas a situação é grave. Vocês precisam voltar com Drinian e com a garota a qualquer custo.

Calísto para diante de um penhasco que reflete a imagem do espaço. Estrelas e outros corpos celestes são visíveis logo abaixo de vocês.

- Este é o hiperespaço. Nossa deusa criou um caminho especialmente para vcs. Rápido, saltem agora mesmo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://blazecosmo.forumeiros.com
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Saga de Malphas   Dom Abr 12, 2015 3:32 pm

Despeço-me de Thalia, assim como de Athena e Shion. Eles sabiam o que tinha que ser feito e ali minha doce musa estaria segura. Vou até a vila repousar já que estava cansado, a viagem tinha sido longa e mesmo para mim acostumado eu precisava respirar.

Conversava com minha glória como se fosse um longo amigo. Pedia desculpas por deixa-la se ferir tanto e agradecia pela proteção recebia, em seguida descanso, acordo e a vejo brilhando graças ao auxilio da filha do casal que me acolheu tão generosamente.

"Se os outros pudessem entender isso" penso em relação a meus irmãos celestiais.

O pesadelo que tive ainda me incomodava, quem seria aquela criatura a desafiar o próprio Zeus? Em oração peço forças para continuar a servir Zeus com dignidade e espantar meu temores.

Caminhava tranquilo até a saida uma amazona me esperava e eu tinha que começar a investigação. Não saio sem antes agradecer à hospitalidade de todos.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Saga de Malphas   Seg Abr 13, 2015 12:05 am

Vejo que Berengue não consegue esconder com perfeição a desprezo com as minhas palavras... Logo ele chama outros dois celestiais e pede que o acompanhemos...

(Unicamente para Pantheras) A senhorita Pandora batalhou contra o celestial anteriormente... Acredito que algum traço de cosmo da mesma talvez ainda permaneça no mesmo... Se pudermos rastrea-lo...

Com isso tento sentir se existe alguma presença do cosmo de Pandora no local, mesmo que fraco...

Seguimos por diversos corredores até chegarmos a um grande salão. Lá vemos sentado ao trono, o Rei dos Deuses... Após Berengue nos apresentar e informar o motivo da nossa visita. Zeus nos questiona se o tememos...

Posso sentir a pressão do seu cosmo... Estar na presença de um Deus...

Senhor dos Deuses... Estamos honrados na sua presença... Sim, tememos ao Rei dos Deuses e confiamos na sua sabedoria e justiça.

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alexia.

avatar

Mensagens : 312
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Saga de Malphas   Seg Abr 13, 2015 11:35 am

Em silêncio, sigo a senhora Calisto para fora do templo, e olho com cinismo para a musa quando ela se mostra curiosa.

"Sem noção"

Mas pelo menos a pergunta serviu para tirar uma resposta interessante da senhora Calisto. Uma passagem que somente os deuses podem usar. Por que? Seria tão mais útil quando fossemos fazer longas viagens.

"Agora entendo o porque"

Ao olhar para o abismo, fico assustada. Não iriamos morrer se saltássemos ali? De qualquer forma era preciso, eu tinha ordens. Precisava procurar por Drinian e a garota. Fecho os olhos e pulo, torcendo para que Calíope ficasse com medo e decidisse não me seguir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Saga de Malphas   Seg Abr 13, 2015 2:34 pm

"Esse cara é mesmo cheio de marra." pensei ao ouvir o tom com que ele mencionou o nome do senhor Hades.

Junto com os "Rapazes", sigo até o interior do Olimpo junto a Raika, observando bem os três caso houvesse algum problema.

"Acho que não funciona bem assim, mas podemos tentar." Disse mentalmente a Raika mentalmente sobre sua suposição.

Na presença de Zeus, busco manter uma postura respeitosa. Nada de reverência, apenas demonstrando que eu sabia de sua posição como o rei do Olimpo.

- Sim, senhor. - Disse eu, meneando minha cabeça para baixo.

_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Drinian

avatar

Mensagens : 172
Data de inscrição : 06/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Saga de Malphas   Ter Abr 14, 2015 2:01 pm

Drinian acertava mais um, porém eles eram muitos. As duas continuavam a correr, tinham que sair dali antes que um daqueles monstros conseguissem alcança-las.
"Vamos,Drinian, pense..."
Se ela parasse mais uma vez , talvez não conseguisse mais escapar.
- Greta, onde é saída mais próxima. Eles são muitos...
Diz tais palavras um tanto quanto preocupada. Mais uma vez mira em um dos monstros, sabia que se atrasaria, que podia nao acertar a flecha, mas tinha que continuar tentando para proteger Greta e honrar sua armadura.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Saga de Malphas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Saga de Malphas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 6 de 20Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 13 ... 20  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
MENU
 :: Registros
-
Ir para: