InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

» Pedidos de Quests Pessoais
Sex Dez 02, 2016 2:57 pm por SchneeKS

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 A Grande Batalha de Asgard

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20 ... 27 ... 35  Seguinte
AutorMensagem
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Ter Dez 22, 2015 10:26 am

Seikatsu, Nathaniel & Anthea:

Seikatsu apalpa o próprio corpo sentindo as feridas que agora estavam sobre ele. Seu cosmo havia se extinguido, fazendo a armadura pesar, trazendo uma sensação de cansaço. Parece que Shi andou tendo um dia agitado, e não soube cuidar bem de si mesma. Problema agora herdado pela sua irmã.

Ao olhar para o corpo decapitado de Freya e o cadáver ajoelhado do gigante, a Amazona só consegue demonstrar o seu desprezo, e os ignora totalmente, usando sua telepatia apenas para o bem próprio. O poder da mente faz com que ela percorra uma boa distância sem sair do lugar, tudo isso para checar que tipo de mentes haviam por perto. Fora a de Anthea e Nathaniel, apenas mentes primitivas podem ser detectadas em um grande raio de distância. Se aquele era um lugar bom ou não para descansar, tudo dependeria de suas habilidades.


Fênix se emociona com a atitude do Guerreiro Deus, deixando que algumas lágrimas caiam pelo seu rosto rígido. O que Rung fez era imperdoável, mas fez por suas terras, e pagou o preço com a sua vida. Não havia mais motivos para condená-lo.

Enquanto ele recolhe o bumerangue do gigante e o colar de Freya, percebe o comentário cruel proferido pela amazona de Andrômeda, mas prefere não fazer nada por enquanto, apenas cuidar do funeral deles. Seus corpos são consumidos rapidamente pelas chamas místicas, e do fogo, as partículas do cosmo de Rung sobem aos seus até desaparecerem por completo. Nathaniel decide então recolher-se junto a Anthea. O plano era encontrar o Pégaso pela manhã.


Anthea também não resiste quando Rung tira a sua própria vida. Foram mortes demais naquela noite, a troco de que? Ao menos Shi havia readquirido consciência, não precisavam mais se preocupar com uma possível companheira morta em seus braços. No entanto, aquela mulher não agia como a Shi que conhecia. Parecia outra pessoa.

A amazona entristecida rebate a crítica de Andrômeda, mas fica por isso mesmo. Todos estavam cansados e estressados demais. Não era hora para discussões. Anthea prefere se juntar a Nathaniel na cremação dos corpos, e logo depois recolhe os pedaços de sua armadura para poder consertá-los na melhor oportunidade.


Off: Não dá pra enviar ela agora, ta considerada morta, mas vc pode guardar ela na caixa e carregar.


Não foi possível ter uma boa noite de sono. O descanso ao relento, o solo gelado e o sentimento de tristeza os impediu. Tudo que conseguiram foi fechar os olhos por alguns minutos, para abri-los constantemente durante a madrugada. Assim o fizeram até que seus olhos contemplaram o belo nascer do dia em Asgard. Um sol frio estava posicionado bem acima da cabeça da estátua de Odin, lançando seus raios de luz sobre os olhos dos Cavaleiros. A primeira sensação que eles têm é o cansado que persistia da noite seguinte, e exceto por Nathaniel, que alimentou-se na cabana de Thor, Anthea e Seikatsu começam a sentir seus estômagos doerem com a fome.

Off: Todos os testes de Resistência sofrem uma penalidade de -1.



Status:
 


Shinobu:


Sentindo-se confiante mais uma vez, Pégaso finalmente entra no clima daquela luta. Novamente, ele assiste Thor destruindo um dos soldados com seus machados. Todo o combate parecia muito fútil para o gigante, que resolvia as suas lutas com apenas um simples movimento, fazendo aqueles soldados em pedaços.

Shinobu ataca: Força 3 + Habilidade 4 + 1D (6) = FA 13

Soldado se defende: Armadura + Habilidade + 1D = FD 8

Shinobu salta sobre o inimigo, e o peso de seu punho junto à gravidade são o suficiente para quebrar o pescoço do adversário e tirá-lo de seu caminho. Com este, todos os soldados estavam caídos aos pés dos guerreiros. Foi uma vitória fácil, mas ambos podiam ter a certeza de que muito mais esperava por eles por trás dos muros da cidade.

- Venha me ajudar, garoto. Os portões não se abrirão sozinhos para nós.



Status:
 














Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shi

avatar

Mensagens : 176
Data de inscrição : 11/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Qua Dez 23, 2015 10:55 pm

A noite foi péssima não deu para descansar, que diabos minha irmã havia feito para que estivesse em estado tão deplorável? Bom agora não era hora de reclamar meu estômago doía, via ao longe o casal se formando que lindo, se não fosse tão inapropriado, ambos eram guerreiros, deveriam estar a postos.

Percebo que ela havia perdido a armadura, estava morta, não sabia consertar, não havia aprendido isso com meu povo, mas se ela for boazinha quem sabe.

_Esperem um pouco - digo com a voz fria .

Usando minha telepatia procuro as mentes primitivas, animais pequenos e mando minhas correntes buscarem, era hora de alimentar e com fome não poderíamos prosseguir.

_Assim que comermos eu levo vocês onde está o pegasus. Mas, agora hora de fortalecer para a luta. Quem quer que tenha feito isso com minha irmã, vai desejar não ter nascido.

Preparava-me para o desjejum.

_________________



As correntes que conduzem a vida ... o guia também para o mundo dos mortos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Fenix

avatar

Mensagens : 163
Data de inscrição : 10/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Qui Dez 24, 2015 10:38 am

Eu sentia que mal tinha fechado os olhos, precisava os reabrir... Logo sinto o calor e claridade do sol de Asgard... Me levanto, sentia a minha respiração ainda pesada e meu corpo cansado...

Terei tempo de me restabelecer quando libertarmos essa terra e Athena não correr mais perigo

Tento sentir o cosmo de Thor e Shinobu, provavelmente já estariam avançando contra o exercito inimigo... Eu tinha que estar lá, havia dado a minha palavra a Thor que não recuaria...

Se aprontem... Temos que partir logo...

Ouço as palavras de Shi, elas eram estranhas, mas a Amazona nunca foi de falar tanto... Logo ajudaria a preparar algo para comer com as minhas chamas. Quando Anthea não estivesse próximo demais questionaria Andrômeda de forma direta.

Shi... Algo que eu precisa saber ? Devo considerar você minha aliada ou inimiga ?

_________________
Fala
Pensamento
Ação

"Uma técnica não funciona duas vezes com o mesmo cavaleiro"

Nataniel de Fênix - Cavaleiro de Bronze de Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anthea

avatar

Mensagens : 106
Data de inscrição : 10/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Qui Dez 24, 2015 6:07 pm

Mal durmo e já sinto a claridade de Asgard... Desperto me erguendo, sentia o meu corpo dolorido... Vejo a caixa com a minha armadura quebrada... Sentia alem do cansaço fome... A minha ultima refeição havia sido a tempos...

Precisamos nos alimentar... Logo poderemos seguir para onde está Pegasus

Iria ajudar Nathaniel e Shi nos preparativos da refeição e então após comer, iria colocar a minha caixa as costas e ficar pronta para seguir para as batalhas...

_________________
Fala
Pensamento
Ação


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shinobu

avatar

Mensagens : 122
Data de inscrição : 12/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Ter Dez 29, 2015 11:03 pm

Todos os soldados foram vencidos, e infelizmente eu só fui capaz de derrotar dois. Thor fez boa parte do trabalho, sem a menor sombra de dificuldade.

“Também... Com esses machados até eu!” penso incomodado pela luta tão breve.

Quando dou por mim, o Guerreiro Deus estava me chamando diante dos portões da cidade. Ele queria ajuda para abri-los. Sendo assim, eu vou até lá e começo a empurrá-los junto com ele.

- O que vamos fazer em seguida? – Pergunto, fazendo força para mover o portão.

_________________
"Não pensar no fim é o que faz de mim uma chama contra o vento, resistindo à dor em meio a tempestade."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Qua Dez 30, 2015 10:27 am

Seikatsu, Nathaniel e Anthea:

As correntes de Andrômeda trazem duas lebres consigo até o grupo, atravessadas em seus anéis. As chamas de Fênix garantem um preparo adequado do alimento. E as habilidades da amazona de Cavalo Menor transformam dois animais mortos em uma carne própria para o consumo.

Com os estômagos forrados, os três cavaleiros sentem a força transbordar novamente por seus corpos. Ainda estavam feridos e com pouca energia, mas seus corpos respondem tão bem aos seus desejos que eles estão até aptos para o combate mais uma vez.

Assim, eles se levantam para reiniciar sua viagem até o castelo. Após questionar o que ele pensava ser Shi, Nathaniel se concentra, tentando sentir o cosmo de Pégaso. Ele já estava na cidade, e queimava de maneira muito intensa, sinal de que passava bem. Mas sozinho, até onde ele poderia seguir?

Os três cavaleiros percorrem a floresta cheia de pinheiros e animais atentos à sua aproximação. Guiados pela triste e congelada estátua de Odin, eles avançam na velocidade som, e não demoram a alcançar os muros de Asgard. São barreiras sólidas e altas, com quase vinte e cinco metros de altura. Não havia uma porta ali, já que eles estão na parte oeste, mas não seria tão complicado assim transpor-lo. Em seu topo, apenas soldados caminham de um lado para o outro, fazendo uma simples vigília.



Shinobu:

Os portões da cidade se abrem ante a força dos dois guerreiros sagrados que o empurravam. Então a cidade de Asgard se revela para Shinobu. Era um lugar feudal, por onde pessoas tristes transitavam por ruas congeladas. Havia uma feira em seu centro, mas era muito pobre, comercializando apenas algumas carnes e objetos.

- Tomei a liberdade de ler o papel que estava com vc na última noite, e o que li era preocupante. Hagen, Sigmund e Frodi são grandes heróis desta terra, que representam a esperança deste povo. Mas o que mais me assusta é que eles prenderam o Siegfried!

Um pequeno alvoroço entre o povo começa em um ponto distante daquela feira. Nada que chame muito a atenção dos dois guerreiros. Era provável que os guardas estivessem agindo ou que arruaceiros estivessem roubando alguém.

- Temos que ir até a Torre Prisão. É lá que guerreiros rebeldes são jogados quando passam da linha, e o único lugar em que um Guerreiro Deus jamais conseguiria escapar.

De repente, o distante alvoroço se torna maior, aproximando-se dos portões. As pessoas saem do caminho com pressa ou são empurradas para longe, porque quem estava se aproximando era um dos mais temíveis Guerreiros Deuses. Ele era tão grande e musculoso quanto Thor, um verdadeiro gigante. Usava uma Robe de cor verde, com longos chifres no elmo e dois discos enormes nas ombreiras. Tinha uma pele branca e uma barba loira cobrindo a cara de poucos amigos.

- Vcs não vão a lugar algum, não sem antes passarem por Heracles de Tanngrisnir!

Thor olha para ele com raiva, apertando seus machados com enorme uma força.

- Thor, seu lixo! Como se atreve a se voltar contra Asgard? Desde a academia, eu sentia vontade de lutar com vc para provar para Odin quem era o gigante mais poderoso de seu exército. Mas pela sua traição, eu irei massacrá-lo!

Thor olha para Shinobu com sua raiva um pouco mais controlada e pede:

- Esta luta é minha cavaleiro. É algo pessoal que devo fazer sozinho. Mas a nossa missão deve prosseguir. Por favor, vá até a Torre Prisão e liberte os outros Guerreiros Deuses. Eles são muito importantes para que cheguemos até o palácio. Vá!

Ele aponta para uma torre na parte leste da cidade, erguida em rochas frias e pouco mais alta que os muros de Asgard.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shi

avatar

Mensagens : 176
Data de inscrição : 11/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Qua Dez 30, 2015 5:21 pm

O alimento chega e com isso a sensação de tristeza se esvai, ainda tentava entender o que acontecia, mas sabia que precisava ficar junto dos amigos dela para chegar a quem interessava, Nathaniel se aproxima de mim indagando meu lado na luta.

_Os responsáveis por essas feridas e morte daquela garota é que são meus inimigos, vocês são amigos dela então estamos do mesmo lado.

O "ela" me referia a minha irmã que repousava em sua inocência.

Chegamos até uma cidade, murada, sem portões apenas alguns guardas lá em cima passeando.

-Esperem um pouco - digo aos dois

Tento entrar na mente de um deles, queria ter certeza da quantidade que passava ali enquanto deixava sob a neve minhas correntes serpentiando e subindo a muralha, elas iriam pelas costas agarrar dois deles caso estivessem sozinhos, envolvendo-os pelo pescoço e jogando muralha a baixo.

Queria deixar o caminho livre para irmos, era melhor evitar alguns conflitos embora quisesse que a neve se tornasse vermelha, minha irmã não havia deixado condiçoes boas para mim.

_________________



As correntes que conduzem a vida ... o guia também para o mundo dos mortos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Fenix

avatar

Mensagens : 163
Data de inscrição : 10/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Seg Jan 04, 2016 1:35 pm

Logo que terminamos as nossas refeições partimos em direção ao castelo... As palavras da Amazona são simples... Por hora teria que a considerar minha aliada...

Certo...

Logo chegamos a uma parte do Castelo em que não havia portões... Apenas alguns soldados na parte de cima protegiam a passagem...

Vejo Shi usando as suas correntes para pegar alguns soldados, iria voar com Anthea a deixando no topo e derrubaria algum soldado para a parte de fora do muro... Tinhamos que agir rápido e não chamar muita atenção...

_________________
Fala
Pensamento
Ação

"Uma técnica não funciona duas vezes com o mesmo cavaleiro"

Nataniel de Fênix - Cavaleiro de Bronze de Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anthea

avatar

Mensagens : 106
Data de inscrição : 10/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Seg Jan 04, 2016 9:56 pm

Após nos alimentarmos seguimos rapidamente até o Castelo... Lá vejo que o local possui uma guarda fraca no local que chegamos...

Ótimo... Assim podemos resolver rápido a entrada...

Com a ajuda de Nathaniel, subo até o topo da muralha e lá procuro derrubar um dos soldados...

Atacar soldado

_________________
Fala
Pensamento
Ação


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shinobu

avatar

Mensagens : 122
Data de inscrição : 12/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Ter Jan 05, 2016 12:50 am

Finalmente eu vejo Asgard com meu s próprio s olho s. Era um lugar bonito, apesar de frio e com poucos recursos. Thor me diz que leu a carta que eu carregava, e a prisão de seus companheiros é ruim para o povo.
 
- Eu não sei quem é esse Siegfried, mas ele parece importante. – Comento.
 
Um principio de confusão começa longe naquela feira. No começo, eu só presto atenção ao que Thor diz, que deveríamos seguir até a Torre Prisão para libertar os heróicos Guerreiros Deuses. Mas logo em seguida, outro Guerreiro Deus aparece.
 
“O nome dele consta na lista dos traidores!” penso, me colocando em posição de luta.
 
Mas ao invés de lutar ao meu lado, Thor me pede para seguir em frente. Por suas palavra, entendo aquilo como sendo algo pessoal, então concordo.
 

- Tudo bem. Mas derrota logo esse cara. Quando eu voltar aqui com os Guerreiros Deuses, quero te encontrar de pé pra continuar lutando do meu lado, entendeu? – Peço.
 
Saio correndo em direção a Torre Prisão sem olhar para trás. Eu confiava na força de Thor.

_________________
"Não pensar no fim é o que faz de mim uma chama contra o vento, resistindo à dor em meio a tempestade."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Grande Batalha de Asgard
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 19 de 35Ir à página : Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20 ... 27 ... 35  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
JOGAR
 :: Sagas
-
Ir para: