InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 A Grande Batalha de Asgard

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 18 ... 33, 34, 35  Seguinte
AutorMensagem
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Qua Set 21, 2016 10:20 am

Anthea:

A amazona é deixada pelos outros guerreiros com desejos de boa sorte, mas agora estava sozinha naquele corredor frio e escuro. Era um caminho curto, e logo ela está diante de uma porta para um aposento tão luxuoso que só poderia ser o quarto de Hilda.

Mas ela só tem certeza disso quando empurra a porta dupla, e vê lá dentro uma bonita mulher de cabelos brancos, deitada nua em sua grande cama com dosseis cobertos por véu. Ao ver Anthea, ela sorri e se levanta, vestindo-se com uma camisola.


Hilda - Vc deve ser um dos forasteiros que vieram até Asgard pra me ajudar. Não devia ter se arriscado tanto, vc corre muito perigo aqui.

Antes mesmo que pudesse se pronunciar, Anthea ouve um canto muito doce e bonito ecoando do corredor atrás dela. É uma voz maravilhosa, que só podia pertencer a um anjo. A amazona se sente cada vez mais envolvida por essa voz. Seja quem fosse, Anthea já amava e faria tudo que pudesse por ela.

Mas de repente Hilda faz seu cosmo gelado crescer, e esse cosmo é tão onipresente que acaba afastando a influência desse canto sobre Anthea. A regende se aproxima de Anthea, perguntando se a menina estava bem. Quando o som de passos que se aproximam podem ser ouvidos agora.


??? – Hilda, vc me aborrece. Vai mesmo tentar proteger um dos assassinos da minha filha? Se assim for, eu não terei mais misericórdia.

Quando esses passos estão próximos o bastante, o que surge é a mulher mais linda em que Anthea já pôs seus olhos. Usava um vestido vermelho com detalhes brancos, e tinha magnificos cabelos negros cacheados e bem longos.



Nathaniel, Shi e Shinobu:

Passando entre o que agora eram apenas estátuas de gelo, os cavaleiros de bronze finalmente chegam à sala onde o inimigo se escondia. Era um ambiente chique, cheio de divãs, esculturas e móveis de perfeito acabamento. Além de uma lareira que mantinha o ambiente aquecido.

No canto esquerdo, um rapaz pouco mais velho do que os guerreiros, tocava suavemente um orgão, produzindo uma música triste, quase fúnebre. Ele vestia um sobretudo branco e botas negras. Tinha um cabelo negro bem curto, e uma aparência bem jovial.


Rapaz – Cavaleiros de Athena... Quanto tempo faz que não os vejo. Este título me trás lembranças muito agradáveis. Mas vejo que vieram aqui como meus inimigos, o que é uma pena.

O jovem não para de tocar sua música...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Fenix

avatar

Mensagens : 163
Data de inscrição : 10/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Ter Out 11, 2016 12:05 pm

Passamos pelos guerreiros congelados e entramos em uma sala... Tudo na sala demonstrava luxo e apego ao material... Um jovem tocava um musica triste...

Caminho ignorando os objetos e fico a uma distancia segura dele... O examino calmamente... Era jovem, para alguem que se dizia ter tanto poder... Mas nele corria o sangue de athena... Ouço as suas palavras... Ele não parecia alguem que continha o mal em seu peito... Mas ainda assim, ousava se levantar contra Athena...

Krest... Sim, vim como Cavaleiro de Athena... Para trazer a justiça aquele que ousou abandonar o caminho de um Cavaleiro... Ajoelhe-se Krest... Deixe que a justiça de Athena recaia sobre você e pare com toda essa onda de morte que provocou...

Deixaria as minhas asas abertas e o meu punho em chamas... Sabia que Krest não se curvaria... Mas ele fora um Cavaleiro... Se o amor a Athena ainda estivesse em seu coração, ele faria o certo... Tinhamos que elevar o nosso cosmo para os GD... Mas sorria, afinal... Qual a melhor forma de se elevar o cosmo do que em uma batalha ? Esse guerreiro seria um oponente que faria eu queimar a minha chama ao limite...

_________________
Fala
Pensamento
Ação

"Uma técnica não funciona duas vezes com o mesmo cavaleiro"

Nataniel de Fênix - Cavaleiro de Bronze de Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shi

avatar

Mensagens : 176
Data de inscrição : 11/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Sex Out 14, 2016 7:03 am

-Se nos quisesse mortos já estariamos - digo com calma - viemos aqui para ajudar não somente Asgard, mas trazer um amigo para casa, vim atrás de um cavaleiro de Athena.

Elevo meu cosmo, mantinha atrás de mim a princesa Andromeda, mostrando nossa firme ligação.

_Eu sou Shi, a escolhida para representar a constelação de Andromeda e honrar sua princesa, sei que é poderoso e sábio Krest, mas me diga por qual motivo abandonou o santuário?

Olho para as correntes, deixo-as livres.

_________________



As correntes que conduzem a vida ... o guia também para o mundo dos mortos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anthea

avatar

Mensagens : 106
Data de inscrição : 10/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Sex Out 14, 2016 11:26 am

​Sigo pelos corredores e logo estou frente a uma porta luxuosa... Assim que entro, vejo uma mulher deitada... Ruborizo ao ver que a mesma estava nua... Havia entrado em seu quarto de forma repentina...

Senhora Hilda... Desculpe-me a urgencia...

Ouço as suas palavras... Mas quando formo as palavras para lhe responder... Um canto pode ser ouvido do lado de fora... Sinto meu corpo afundar nessa voz... Era melodiosa, agradavel de ouvir... Sentia que podia me entregar a essa voz...

Mas um frio corre pelo meu corpo... Abro os olhos e vejo que Hilda estava ao meu lado... Vejo que estava sendo levada por essa voz e Hilda havia me salvado...

Respiro fundo e respondo a ela...

Sim... Seu cosmo me manteve consciente...

Ouço os passos se aproximarem... E logo me coloco a frente de Hilda...

Senhora Hilda... Precisa encontrar um jeito de escapar... Seus GD, lutam e queimam seus cosmos para liberta-la, mas apenas com a senhora em segurança, podem alcançar os ceus....

Logo os passos estão mais proximos... Uma mulher entra no quarto... A sua beleza era algo inimaginavel... Por alguns segundos me questiono se Athena ou Hilda se igualariam a essa beleza... Mas logo as suas palavras demonstram que o seu interior era podre...

Assassinos ? Não... Você e seus guerreiros trouxeram a morte e o sofrimento a Asgard... Fizeram Freya perder a vida...

Seguro em minhã mão o protetor de ouvido de Freya e estendo a frente com o punho cerrado...
Eu jurei a Freya libertar Asgard de Vc! E o farei!

Elevo o meu cosmo...

Asgard... Athena... Freya... Concedam-me o cosmo e a força para superar os meus limites...

Faria a rocha de gelo crescer ao meu punho.... Se ela ousasse se aproximar mais um passo, saltaria ao alto e desceria com o punho em sua face...

_________________
Fala
Pensamento
Ação


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shinobu

avatar

Mensagens : 122
Data de inscrição : 12/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Dom Out 16, 2016 11:49 am

Após passarmos pela porta, damos de cara com o dito inimigo. Mas era muito estranho olhar para ele. Ele era muito distinto, e por ser um antigo Cavaleiro de Ouro, eu não queria atacá-lo.

“Ele já foi um irmão de batalhas, alguém que protegeu Athena e a Terra como eu e meus companheiros fazemos. Por que estamos de lados opostos agora?” me pergunto.

Meus amigos argumentam com ele, e suas palavras são tão parecidas com o que eu queria lhe dizer que não tenho mais o que falar, apenas torço para que Krest nos ouça e volte ao Santuário conosco.

“O verdadeiro inimigo talvez não seja ele.” Penso.

_________________
"Não pensar no fim é o que faz de mim uma chama contra o vento, resistindo à dor em meio a tempestade."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Qua Out 19, 2016 10:31 am

Nathaniel, Shi e Shinobu:

Mesmo vendo o inimigo diante de seus olhos, os três jovens portam-se como verdadeiros cavaleiros. Eles tentam lembrar a Kooh-i-noor que um dia ele portou este mesmo título, o que causa certa comoção até mesmo no inimigo quando Krest deixa cair duas lágrimas que acabam virando pedrinhas de gelo sobre o chão.

Ele para a sua música, deixando um silêncio profundo no ar. Então se levanta e se aproxima, mas mesmo próximo, ele não queima o seu cosmo e nem demonstra ser um inimigo. Com delicadeza, ele acaricia o rosto de Shi por cima da máscara e coloca suas mãos sobre os ombros de Nathaniel e Shinobu.


Krest – Obrigado por suas palavras gentis, jovens cavaleiros, mas não irei retornar ao Santuário com vcs. Sinto muito se pensam que o que eu estou fazendo com Asgard é ruim, mas é necessário.

Demonstrando tristeza, ele dá as costas para o trio, ficando diante de seu instrumento.

Krest- Por anos, eu lutei em nome de Athena como vcs pelo sonho de criar um mundo melhor, e não só eu. Muitos jovens perderam sua vida por isso antes de mim. Mas esse sonho nunca se realizou e nem vai se realizar. Tudo não passa de um ciclo contínuo da vida, onde jovens guerreiros de todas as eras perderão suas vidas em nome dos deuses. E eu quero que isso pare, porque é injusto e cruel com a vida humana.

Finalmente, Krest faz sua cosmo energia emanar, e um ar incrivelmente frio, quase congelante toma conta daquela sala. O chão diante dos pés dele se abre, e uma versão da sagrada armadura de Aquário feita de cristal se eleva, vestindo aquele que é seu mestre.

Krest – Acredito que isso faça de mim inimigo de vcs, a não ser que queiram se juntar a mim.


Iniciativa:

1° Krest: Habilidade + 1D = 15
2° Shinobu: Habilidade 4 + 1D (5) +1 = 10
3° Nathaniel: Habilidade 4 + 1D (3) = 7
4° Shi: Habilidade 4 + 1D (1) = 5



Anthea:

Ao ver que o inimigo se aproximava, a amazona se coloca diante de Hilda, pronta para defendê-la a qualquer custo. Isso supreende a líder de Asgard, que não esperava isso de um cavaleiro de Athena, principalmente diante de um perigo maior. Garnet apenas ri de Anthea.

Garnet - Se é assim que vc prefere, criança, que seja. Vou fazer vc pagar pelo que fez com a minha querida Rubi.

Hilda – O que? Então esse aperto no coração que venho sentindo é por que a minha irmã Freya morreu?

A grande líder de Asgard cai em prantos, sentada sobre a cama, bastante deprimida. Mas não havia tempo para consolá-la. Garnet demonstra o seu poder, invocando a maligna armadura de Vouivre, que arrebenta a janela daquele luxuoso quarto para vestir sua mestra.

Garnet – Será que não vê, Hilda, quantas vidas foram tiradas com a chegada dos cavaleiros de Athena? Mas não se preocupe, serei gentil com vc e vingarei a morte de sua irmanzinha também!


Iniciativa:

1° Garnet: Habilidade + 1D = 8
2° Anthea: Habilidade 4 + 1D (3) = 7

Garnet usa as grandes asas de morcego de sua armadura e voa em direção a Anthea para lhe aplicar um soco.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Fenix

avatar

Mensagens : 163
Data de inscrição : 10/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Qui Out 20, 2016 3:22 pm

​Ouço as palavras da Krest... Fecho os olhos e respiro fundo... Ao abrir olho para Krest...

Você tem razão... A muito não me recordo de viver como um humano... Mas vejo nos humanos a esperança do universo... Athena é sim uma Deusa, mas diferente dos outros deuses que vêem seus guerreiros como peões, ela nos vê como seus iguais... Sei que ela nesse momento chora ao pensar em vc... Triste com o sofrimento que deve estar em seu coração...

Caminho pela sala e abaixo as minhas asas...

Não confio nos Deuses... Por isso abandonei o Olimpo e vim a terra... É a Vontade de Athena que eu sigo... Sei que Athena preferia se sacrificar a ver qualquer um de nós ser ferido e morrer... Mas antes que qualquer mal aconteça com ela, eu a protegerei com a minha vida... E mesmo que eu morra, a minha chama irá continuar queimando pela eternidade e a protegera! Por isso Krest... Não vim aqui para lhe fazer retornar ao Santuario... Vim para lhe mostrar como queima a Vontade de Athena!

Vejo o seu cosmo se elevar... Era realmente digno de um Cavaleiro de Ouro... Abro as minhas asas e icendeio o meu cosmo... Ainda levaria muito tempo até eu queimar o meu cosmo como o meu mestre...

Seguro a espada de forma defensiva... Estava com meus companheiros, e confiava neles... Sabia que juntos poderiamos fazer nossos Cosmo criar o milagre!

Defesa de qualquer golpe de Krest, mesmo que vá em outra pessoa. Uso a espada para absorver o golpe

_________________
Fala
Pensamento
Ação

"Uma técnica não funciona duas vezes com o mesmo cavaleiro"

Nataniel de Fênix - Cavaleiro de Bronze de Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anthea

avatar

Mensagens : 106
Data de inscrição : 10/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Qui Out 20, 2016 3:28 pm

​Vejo que a noticia da morte de Freya abala a lider de Asgard... Respiro fundo e falo, sentindo as lagrimas escorrerem pela minha face...

Sim Senhora de Asgard, mas ainda não pude verter as lagrimas em sua memoria... Não enquanto a minha promessa de livrar Asgard e salvar a senhora não for cumprida... Por tanto, lutarei até que todos os inimigos de Asgard caiam...

Vejo a armadura de Garnet a vestir... Ouço as suas palavras e falo... Segurando a Tonfa com firmeza...

Vc trouxe o mal e o semeou no solo de Asgard... Mas eu garantirei que nunca vai ser vitoriosa!

Faço o cristal de gelo revestir meu braço e o Tonfa... Quando vejo Garnet partir em minha direção, movimento o corpo procurando conter o seu ataque e afasta-la de Hilda...

Defesa + Tonfa

_________________
Fala
Pensamento
Ação


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shinobu

avatar

Mensagens : 122
Data de inscrição : 12/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Qua Out 26, 2016 1:04 am

De certa forma, Krest tinha razão. Mas esse choro não faz o menor sentido para mim, que fui moldado em um lugar hostil e vivia para as batalhas. Ignoro as palavras de Krest e entro em posição de batalha, começando a acender o meu cosmo.

- Não me faça rir, traidor. Melhor do que nós, você deveria saber que ao nos tornarmos Cavaleiros, a nossa vida pouco importa, e que a nossa única vaidade deve ser morrer para garantir que haja um futuro melhor do que a vida que temos agora.

Queimo meu cosmo ao máximo, movimentando meus braços para representar a constelação de Pégaso.

- Se você se esqueceu disso, então eu mesmo vou lembrá-lo do orgulho que há em chamar a si próprio de Cavaleiro de Athena. Meteoro de Pégaso!

Off: Luz x4

_________________
"Não pensar no fim é o que faz de mim uma chama contra o vento, resistindo à dor em meio a tempestade."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shi

avatar

Mensagens : 176
Data de inscrição : 11/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   Sab Nov 05, 2016 12:31 pm

Em um tom de tristeza digo:

_O grande Krest que até mesmo meu amado mestre idolatrava como um exemplo de cavaleiro agora vejo que é um covarde, com medo de lutar e acreditar no futuro, no passado as guerras eram muito mais intensas, pesadas, agora com a ajuda dos santos guerreiros, estamos conseguindo evoluir. O orgulho de um cavaleiro é lutar pela justiça, proteger as pessoas inocentes, a beleza desse mundo que você se esqueceu.

Olho para meus amigos, vejo Shinobu que apesar de todos terem algo contra ele por ser filho de quem é está aqui honrando Athena, Nathaniel um celestial que abandonou o Olimpo por acreditar em Athena estava aqui. Eu estava aqui mesmo a principio contra as ordens de Athena, bom assim acreditava, mas ela sabia da bondade de nossos coraçoes, e mesmo conhecendo minha irmã, ela não me recusou.

_Você é um covarde Krest- grito com tristeza e lágrima nos olhos - acorde cavaleiro.

Tenho que ajudar meus amigos, usando as correntes que a princesa Andromeda me concedeu tento algo inusitado. Elevo meu cosmo para fortalecer as correntes ( efeito especial) e utilizando meus varios ataques tento paralisar Krest.

Off: ataque multiplo, paralisia com todos eles.

_________________



As correntes que conduzem a vida ... o guia também para o mundo dos mortos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Grande Batalha de Asgard   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Grande Batalha de Asgard
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 34 de 35Ir à página : Anterior  1 ... 18 ... 33, 34, 35  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
JOGAR
 :: Sagas
-
Ir para: