InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 Agamenon - O Templo de Anubis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10
AutorMensagem
Aiolia

avatar

Mensagens : 593
Data de inscrição : 24/02/2015

MensagemAssunto: Re: Agamenon - O Templo de Anubis   Dom Jul 05, 2015 10:32 am

Agamenon e os homens correm juntos até a saída. Após desbravar o templo, o Celestial tinha alguma noção de onde ficava a saída.

- Deve se salvar, senhor. Nós somos apenas soldados e vigias. Zeus precisa mais do senhor do que de nós. - Diz um deles enquanto cruzam um corredor estreito.

Com a adrenalina em alta, Agamenon olha para o teto e percebe que um grande bloco de areia à frente está prestes a desabar, e se isso acontecer, o caminho ficará bloqueado, soterrando a todos.

_________________
O herói valente como um leão, sempre lutando por Athena.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Agamenon

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 21/04/2015
Idade : 26
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Agamenon - O Templo de Anubis   Seg Jul 06, 2015 3:38 pm

O peso da responsabilidade e da falta de solução para aquela situação lhe sufocava ao extremo, Agamenon sabia que sua vida facilmente poderia ser salva com pouco mais que 2 batidas de asas, mas, aqueles homens, feridos e lerdos, não se salvariam...

- Vocês têm razão, dentro da ordem celestial, comparado a vocês, eu sou o detentor da palavra de Zeus e comandante dos soldados rasos, e em um campo de batalha, a queda de um lider significa a derrota...

Agamenon diz encostando aqueles homens que carregava no guerreiro mais próximo, se livrando do fardo.

- Porem... *Murmura, em tom pesado e carregado* ...Não há valor em ter uma vida ao custo de outra! Principalmente pelas quais você estava disposto a sacrificar sua.

O anjo abre suas asas e dispara em direção ao possível centro de desabamento e com braços e pernas estirados, usa seu próprio corpo como contenção, sua Gloria era larga e possuia dois arcos grandiosos grudados em suas costas, complementando mais ainda sua barragem.

- Eu sempre estarei pronto para morrer por aquilo que acredito.

Era obviu que ele não poderia conter todo aquele desmoronamento de terra, pois seria como querer tapar o mesmo com uma grande peneira, mas tentaria atrasar o máximo possível para que seus homens pudessem ter tempo de passar aquele lugar.

- Rápido seus lerdos ou vai todo mundo virar combustível fóssil aqui!!

Suas palavras eram duras como de costume, mas seguido delas, um verdadeiro ato digno de um Celestial. Não por mérito ou honra, mas simplesmente, pela vontade de servir aos que dele esperam um sinal de esperança e salvação.

- Não faço aquilo que me é incumbido pelo simples prazer da recompensa, mas sim, pela gratidão e pelo dever da consciência. Ainda tenho muito que ensinar a vocês quando sair-mos daqui, então sejam rápidos pois.. arg!!

- Eu... arggr... ja estava preparado para morrer desde o momento... *diz com dificuldade, sentindo a terra em suas costas cada vez mais e mais pesada* ...rhg...em que decidi vir salva-los!! Mas já disse que não pretendo morrer hoje, não aqui, não assim... pr-..!!

Se prestassem atenção, notariam que embora interrompido pela força que fazia, sua boca parecia dizer uma única palavra repetidas vezes.... "Andem rápido"
Aguentaria o máximo possível ate o ultimo homem atravessar o local, partindo de la tão breve quanto o seu vôo o permitisse.

_________________

---------------------------------------------------
Deves aprender o amor e a fazer o bem não por pelo prazer da recompensa, mas pela gratidão e pelo dever da consciência.

"Pensamentos"
- Fala -
*Ação especifica*
Narrativa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aiolia

avatar

Mensagens : 593
Data de inscrição : 24/02/2015

MensagemAssunto: Re: Agamenon - O Templo de Anubis   Ter Jul 07, 2015 2:28 pm

O teto do lugar finalmente se racha, e assustados, os soldados olham para o desabamento. Mas no momento certo, Agamenon abre suas asas e voa em direção a rachadura, usando suas costas para impedir que o teto se abra.

- Senhor, nós iremos ajudá-lo. - Disse o mais novo entre os soldados.

- Não! - Impediu um veterano. - Ele já tomou sua decisão. Eu não sei por que diabos um grande Celestial de Zeus está se sacrificando por meros homens como nós. Mas saiba que nós seremos eternamente gratos pelo o que estão fazendo.

Com um olhar sincero e um aceno positivo, todos os homens se despedem de Agamenon e seguem pelo corredor, salvando suas vidas. O Celestial consegue aguentar por tempo suficiente, mas de repente tudo fica pesado demais até para sua força, e enfim o templo desaba soterrando Agamanon para sempre...

_________________
O herói valente como um leão, sempre lutando por Athena.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Agamenon

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 21/04/2015
Idade : 26
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Agamenon - O Templo de Anubis   Qua Jul 08, 2015 1:21 am

Uma visão toma a cena, meio a dor e a perda de consciência.

Uma garota surge na visão do anjo, ela entra no cômodo, ascende a luz e com muita pressa, tenta soltar os agrilhoes que prendem as pernas e braços do garoto estirado a cama. Era Agamenon, ou melhor... Kan.

- Kan, rápido! Você precisa fugir! Porque você ainda não partiu desse lugar, você é tão forte e tão esperto, porque ainda se permite essa tortura?! - Diz com lágrimas nos olhos puxando as correntes com as mãos nuas sem sucesso.

Era notável a importância de Kan para ela, mas ele não expressava qualquer tipo de sentimento ou reação, alem de olhar para o teto e observar o nada.

- Eles dizem que você não é humano, e que possui uma aparência e força ao qual não é de um garoto comum, mas eu sei que você é especial e não um monstro! Você nunca quis machucar ninguém! Nunca... Um acidente foi o suficiente para te trancarem aqui por anos, e você nunca fez nada para mudar isso, porque?

O garoto vira a cabeça para ela, e com um dos olhos tampado por algumas faixas e bandagens, diz:

- Porque esta é a minha penitencia, eu só quero que tudo isso acabe logo... assim poderei morrer finalmente. É isso que todos querem...

Murmura com a voz tremula, cansada, desesperançada. Ja havia aceitado seu destino e sua importância perante o mundo.

- É mentira!! - Exclama ela franzindo o cenho procurando as chaves dos grilhões.
- Isso é mentira... Eu não quero que você morra, nunca quis isso. Fora deste vilarejo ha pessoas diferentes, que podem te ajudar, te treinar, que vão te entender, este poder que você carrega, esta força é algo divino, não maléfico. A religião instaurada pelos anciãos só o causaram dor e sofrimento. Por favor Kan, vá embora!! FUJA!!

Conclui a garota destrancando as amarras e livrando Kan da prisão na cama, mas ele continua parado e imóvel.

- Você sempre esta aqui, escondida, me trás agua, comida... e eu nunca fiz nada por você. Porque acredita tanto em mim? Porque quer me salvar? - Perguntou Kan, erguendo-se da cama com o corpo machucado.

- É porque eu escolhi ser assim, e enquanto existir pessoas que precisam de ajuda, por menor que seja, eu farei tudo que puder para ajuda-las, esse é meu dever como filha do ancião, é a minha missão. Mas eu não penso como eles, e por isso estou aqui, porque eu acredito em você. Você não é inferior a ninguém Kan! Não ha ninguem melhor ou pior que qualquer outro ser vivo nesse mundo , pelo contrario, nosso dever é sempre cuidar e zelar por aqueles mais fracos e indefesos a nós.

As palavras da garota enchem seus olhos vermelhos com um brilho de lágrimas que teima em cair, seu coração sentia aquele amor e sinceridade vindo das palavras dela, que não paravam por ali, dizendo:

- Não se julgue pelo que os outros dizem de você, julgue sua existência pelos seus próprios atos! E como poderá voce ter essa conclusão se não faz nada alem de ficar ai esperando a morte chegar! Quem é você Kan?! O que te define? Se julga um condenado e perdedor pelo que eles dizem ou por aquilo que você escolheu para sí?

Ela dizia afastando-se e abrindo a porta que dava acesso a parte de fora da casa. Pela primeira vez, Kan coloca seus pés no chão e desmonta da cama por vontade própria, enquanto caminha em direção a luz que entra pela porta. A visão da garota era como a de um anjo sendo iluminado por Deus, um verdadeiro milagre na terra.
Ao tocar o solo com seus pés e sentir a brisa banhar seu rosto, por menor que tenha sido o pensamento, acreditou no que a garota disse, que a algo diferente la fora, e que ele ainda precisava se descobrir. Pois ate então, tudo que pensou ser, sempre foi baseado ao que todos diziam, nem sobre seu pai e mãe lhe foi contado. Seu passado era um mistério para ele... precisaria descobrir a verdade sobre si, mas não ali, não naquele vilarejo.

- Siga ao norte, e encontrará uma trilha de pedras que se estreita a montanha. Ate onde sei existe um acampamento de treinamento no final. Alguns homens partiram para la na esperança de se tornarem guerreiros. Quem sabe você não encontre suas primeiras respostas por la Kan. Mas vá logo, antes que descubram que você fugiu!

Diz colocando um pingente de cor anil no pescoço dele junto a uma mochila com aparência de um pássaro de pelúcia. La havia alimento, e uma fotografia dos dois quando muito pequenos, ainda gatinhando.

- Eu não sei como você conseguiu chegar tão fundo no meu coração, ao lugar tão sombrio e dominado pelas trevas que ate mesmo eu já não mais podia alcançar... Você nunca desistiu de mim, em nenhum momento, sempre se sacrificou por mim, sofrendo dia a pós dia com a minha dor. Tudo isso, porque? - Questionou ele antes de partir.

- Pelo simples dever da consciência e gratidão de viver. Você é importante Kan, só não sabe disso ainda... *Diz acariciando o rosto dele*... E quando descobrir isso, nada o poderá destruir, pois você se tornará eterno...

Uma queda para a eternidade

A visão se encerra quando o ultimo homem atravessa o local, o anjo fecha seus olhos e uma lágrima escorre de seus olhos, um ultimo suspiro. Durante sua queda mesclada junto a todos aqueles pedregulhos, era possível ver um sorriso em sua face.

"Tolos... Porque saíram tão surpresos? Eu ja disse que não morrerei..."

O tempo se passa em camera lenta e aos poucos sua imagem vai desaparecendo junto a queda.

"Eu ja disse, nem este lugar nem ninguém poderá me matar, vocês realmente acham que as pessoas morrem quando seus corpo são destruídos ou soterrados? Quando seu cosmo se extingue? Quando sua alma é destruída? Não..."

- Elas morrem... quando são esquecidas. *Sussurra*

Gostaria de dizer estas palavras aqueles homens, mas já não podia mais, talvez, seus atos o dissessem por si, ou quem sabe pelo flash da ultima centelha de seu cosmo. O tempo volta a tona e o anjo é soterrado.

_________________

---------------------------------------------------
Deves aprender o amor e a fazer o bem não por pelo prazer da recompensa, mas pela gratidão e pelo dever da consciência.

"Pensamentos"
- Fala -
*Ação especifica*
Narrativa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aiolia

avatar

Mensagens : 593
Data de inscrição : 24/02/2015

MensagemAssunto: Re: Agamenon - O Templo de Anubis   Qua Jul 08, 2015 2:09 pm

Um filme inteiro sobre parte de sua antiga vida passa pela mente de Agamenon. Em sua inconsciência ele teria agora um longo para repensar seus erros, seus acertos, relembrar tudo e todos que amou. Mas aos poucos ele desperta, e junto a sua consciência, surge uma dor imensa sobre seu corpo. Estava soterrado por quase uma tonelada de areia e pedra, e a única coisa que o protegia era sua orgulhosa Glória, agora suja pela poeira.

- Rápido, homens! Não temos muito tempo. - A voz autoritária de uma mulher é ouvida, abafada pela areia.

Agamenon pode sentir a vibração de passos sobre a terra que o sepultava. Após algum tempo, o peso sobre seu corpo diminui, e sobre sua mão ele sente o calor e o ar puro do deserto.

- Ele está aqui, senhora. Eu o encontrei! - Diz a voz de um jovem rapaz.

Os passos que Agamenon sentia sobre si se aproximam, criando vibrações sobre a terra ao seu redor. O Celestial sente inúmeras mãos segurando seu braço, e bruscamente ele é puxado. Em meio ao deserto, ele vê os soldados que salvou e... Nefertiti, envolvida em um manto para cobrir sua nudez.

- Você é mais duro do que eu imaginava, guerreiro. - Ela elogia.

_________________
O herói valente como um leão, sempre lutando por Athena.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Agamenon

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 21/04/2015
Idade : 26
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Agamenon - O Templo de Anubis   Dom Jul 12, 2015 12:48 pm

A única coisa que conseguiu dizer naquele momento, foi:

- Que bom... vocês saíram a tempo...

Sorri feliz mas exausto, precisava de pouco mais que alguns minutos para recuperar-se, o que mais surpreendeu o anjo foi a presença e a prontidão de Nefertiti em ajuda-lo, pois, de fato, sem ela ele não teria chego tão longe e muito menos ter saído vivo de la, um aliado verdadeiramente poderoso que merecia não apenas sua gratidão, mas seu respeito e toda sua admiração. E então, após ser salvo em meio aqueles escombros, ele prefere compartilhar um segredo ao qual também desconhecia. Talvez fossem os únicos a saber disso além dele, não dava pra afirmar ao certo, de qualquer maneira, resolveu dizer-lhes o seu verdadeiro nome.

- Kan... o meu nome é Kan... *Ofegante mas ja se recompondo* - Vocês salvaram minha vida...

Seu sorriso gasto era sincero, pelo visto, ele terá que esperar um pouco mais para que seu nome atinja a eternidade. Agamenon saca de sua Glória o tesouro conquistado em sua batalha com uma das mumías, e entrega a Nefertiti.

- Obrigado Nefertiti, não ha joias nem palavras as quais eu possa lhe oferecer...

Ele olha para os homens que arriscou sua vida, o deserto enchia seus pulmões novamente com o ar puro, mas não mais que seu ego e orgulho por ter aqueles homens ao seu lado. Como de costumo, a eles não dissera nenhuma palavras, apenas um olhar de gratidão e admiração plena que se traduzia em uma única palavra: Confiança.

"Estes homens confiaram a vida deles a mim, esta mulher virou-se contra seu próprio marido e seu lar para junto a mim, lutar por uma causa nobre e justa."

Ele vira de costas para todos olhando o cenário, relembrando o momento que chegou ali. Seus olhos inundados pela emoção e gratidão descarta uma lágrima errante pela sua face. Óbvio que não permitiria que ninguém a visse.

- Temos que ir homens, e quanto a você Nefertiti, o que lhe acontecerá? Existe mais alguem neste lugar que lhe apoiaria nesta causa? *Diz olhando a devastação ao redor* - Temo Lucille ou Jabril ainda estarem vivos, e isso provocara uma verdadeira guerra entre povos caso haja o apoio de sua nação por de trás dos atos cometidos por eles. Meu objetivo nunca foi vir para lutar, apenas salvar meus amigos... mas temo que minha próxima visita, não seja tão pacifica assim...

Diz olhando para a mulher, agora vestida,  preocupado com a mesma e principalmente com o rumo que tomaria aquela historia. Seu testemunho é de grande importância entre os Egípcios, ele não queria iniciar uma guerra. Com tudo, o anjo sabia que só caberia aos Deuses de ambos os panteões decidirem o futuro de seus reinos, e partiria dali após Nefertiti se pronunciar, seus inimigos poderiam estar vivos ele não esta em condições de travar um combate novamente.

_________________

---------------------------------------------------
Deves aprender o amor e a fazer o bem não por pelo prazer da recompensa, mas pela gratidão e pelo dever da consciência.

"Pensamentos"
- Fala -
*Ação especifica*
Narrativa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aiolia

avatar

Mensagens : 593
Data de inscrição : 24/02/2015

MensagemAssunto: Re: Agamenon - O Templo de Anubis   Dom Jul 12, 2015 8:18 pm

Um a um aqueles cinco bravos soldados vão se ajoelhando diante de Agamenon. Não estavam sendo servis e nem exagerados, apenas demonstrando sua gratidão pelo o que Agamenon havia feito por eles. Como sempre, o veterano entre eles é o porta-voz do grupo.

- Estamos acostumados a ver os Celestiais pisarem em nós, a nos tratar como seres descartáveis... Nós não reclamamos, pois foi o desejo de Zeus que seres como você estivessem tão acima de nós. Mas o que você fez por nós lá dentro... - Lágrimas escorrem pelos olhos daqueles homens ao se lembrarem da cena. - Vai contra tudo que vimos durante os anos que servimos ao Imperador dos Céus.

Nefertiti se aproxima, apoiando as duas mãos sobre os ombros de Agamenon e observando aquela cena com um sorriso sensual nos lábios.

- Nós só queríamos dizer que se um Celestial pode mudar sua natureza e ser humilde a ponto de morrer por simples soldados como nós, nada mais justo do que estes soldados estarem sempre a postos para seguir este Celestial em qualquer lugar que ele for. - Diz o veterano, deixando clara a lealdade que os soldados tinham agora para com Agamenon.

Ao ouvir as palavras de Agamenon, Nefertiti se espreguiça. Aquela mulher parecia indiferente a tudo que não tivesse a ver com seus próprios desejos.

- Não se preocupe comigo, não é a primeira vez que eu fico no caminho de algum Deus do Egito. Foram eles quem me fizeram imortal, então vão ter que me aturar para sempre. - Ela sorri com humor. - Creio que não precisaremos mais nos preocupar com o chato do Jabril ou com aquela tal de Lucille. Debaixo de toda essa areia, já deve ser tarde demais para esses dois, e ao contrário de você, eles não têm amigos que lhes queira tão bem. - Diz ela, olhando para os soldados ainda de joelhos. - Que fique isto de lição para você, meu amado Agamenon. Cuide bem de seus amigos, eles são tudo que nos resta em épocas difíceis.

Nefertiti beija o rosto de Agamenon e lhe dá as costas, rumando em direção aos vários horizontes daquele deserto. Ela caminha até desaparecer dos olhos de todos. Enfim, Agamenon e seus homens podem retornar ao Olimpo.


Fim de Quest - Parabéns

_________________
O herói valente como um leão, sempre lutando por Athena.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Grande Mestre
Admin
avatar

Mensagens : 459
Data de inscrição : 06/11/2014

MensagemAssunto: Re: Agamenon - O Templo de Anubis   Dom Jul 12, 2015 11:31 pm

Xps:

3 xp por interpretação: Para quem está começando agora, vc se saiu melhor do que o esperado. Seu personagem tem uma personalidade marcante e vc soube acrescentar bastante a ele mostrando lembranças e postando músicas que foram boas trilhas sonoras para o momento.

2 xp por combate: Exceto pela última luta, seu personagem teve total controle sobre os combates que participou, dando cheque-mate neles sem sequer levar um soco. Porém, no último combate, contra adversários do seu mesmo nível, ele não teve tanto êxito assim, se mostrando até um pouco frágil.

4 xps por missão cumprida.


Renome: Seu desafio era sobreviver a situações perigosas com um personagem pouco eficaz em combate direto. Seu ataque Posseção o ajudou bastante, e vc quase não foi tocado. Também lidou de forma perfeita com Nefertiti, conseguindo uma aliada temporária que o salvou no final. Tudo que Agamenon sofreu com o desabamento do templo já estava previsto, então não conta como demério. Rank S.


Premiação: Orda (Quando em combate, Agamenon pode contar com um grupo de 5 soldados para lutar tanto ao seu lado quanto por ele)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://blazecosmo.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Agamenon - O Templo de Anubis   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Agamenon - O Templo de Anubis
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 10 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
MENU
 :: Registros
-
Ir para: