InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 A Rebelião dos Anjos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 21 ... 39  Seguinte
AutorMensagem
Grande Mestre
Admin
avatar

Mensagens : 459
Data de inscrição : 06/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Rebelião dos Anjos   Ter Set 01, 2015 11:11 pm

Como um bom líder, Aiolia preocupava-se com o ataque do gigante a seus companheiros. Ele pensa em um plano para diminuir a visibilidade da criatura, e atira um relâmpago sobre um dos paredões. Este ataque simples é o bastante para causar uma explosão de médio porte, e exatamente como o dourado planejava, um denso lençol de poeira se interpõe sobre suas cabeças, provavelmente encobrindo a visão de Espartoi para eles.

Enquanto se orgulhava do sucesso de seu plano, Aiolia percebe seu pupilo, Odisseu, batendo asas e voando até o interior do corpo da criatura pelo buraco feito em sua coxa. Poucos segundos se passam, quando Espartoi cai de joelhos, cada vez mais enfraquecido pela destruição que Odisseu causa em seu interior. Mas quando Aiolia menos esperava, a espada daquele gigante desce entre poeira, o atingindo em cheio, embora a armadura houvesse absorvido todo o dano.  


Ao ver o buraco que seu mestre fez no monstro, Odisseu não pensa duas vezes, bate suas asas em direção a ele e o invade. Com sua velocidade quase mil vezes superior a de um humano normal, ele começa a galgar a escadaria rústica feita de madeira no interior de Espartoi, e com tiros de luz, começa a destruir as vigas que armam e sustentam o gigante de metal.

Odisseu testa agilidade (Teste de Habilidade -1): Resultado = 2 (Sucesso)

Certos pedaços da escadaria começam a ruir aos passos do Celestial, mas ele se mostra tão celere que mal sente os efeitos da gravidade, e em questão de segundos chega à câmara onde fica a cabeça de Espartoi. Ali havia um piso de madeira podre, onde Odisseu podia caminhar com liberdade. E um pouco acima de sua cabeça estava uma grande massa cerebral disforme, envolta por um cosmo de cor enegracida.


Uma expessa poeira paira sobre o campo de batalha, enquanto ao longe um dos Celestiais invade o corpo da criatura. Raika podia sentir a restrinção sobre Espartoi cada vez mais facilitada. O gigante simplesmente parava de se esforçar, ou mesmo perdia as suas forças. Teria sido o Celestial que invadiu seu corpo segundos antes? Provavelmente, pois vigas de sustentação e pedaços de madeira chovia do buraco na perna do gigante.

E de repente, acontece o inimaginável: Espartoi cai de joelhos como um inválido. Sustentado apenas pelas armas que ele finca no chão para não cair. O monstro finalmente estava vencido... Não! Ele ainda era capaz de lutar, ao menos foi isso que demonstrou ao atacar o cavaleiro de surpresa com aquela enorme espada.

Off: atacar não seria uma ação simples, vc teria que remover a telecinese. Como eu acho que não é essa a sua intenção, vou manter. Mas se vc realmente quer atacar, me manda mensagem privada que eu edito.


Enquanto todos respiravam aliviados, achando que o monstro havia sido derrotado, Espartoi demonstra toda a sua força, realizando um último louco ataque contra os guerreiros. Com um braço, ele atira sua lança contra Agamenon, e com o outro, ele tenta um ataque as cegas contra aqueles que estão abaixo da nuvem de poeira.

Espartoi ataca de longe: Poder de Fogo + Habilidade (-5)+ 1D = FA 13

Agamenon: Armadura 7 + 1D (3) = FD 10


Espartoi testa sorte: 2
Aiolia testa sorte: 1


Espartoi ataca: Força + Habilidade (-5) + 1D = FA 11

Aiolia: Armadura 10 + 1D (1) = FD 11


Agamenon concentra seu cosmo na palma da mão. Ele vê quando a cortina de poeira toma conta do campo de batalha lá embaixo, e também quando Espartoi cai de joelhos, aparentemente enfraquecido. Seria simples acertá-lo, mas enquanto Agamenon se movia para atirar, o gigante deu mostras de sua força, atirando a lança que segurava em sua direção.

Para a sorte de Agamenon, Raika dificultava os movimentos de Espartoi, e graças a isso, a lança o atingiu apenas de raspão, ferindo-o superficialmente com o atrito contra o seu corpo. Como forma de revide, o Celestial finalmente atira seu globo de luz contra o olho da criatura, mas vê sua energia se extinguindo na invulnerabilidade do gigante sem ser capaz de ferí-lo.


A visão de Drinian era ainda mais prejudicada pela cortina de poeira que o cavaleiro de ouro havia levantado. No entanto, aquilo serviria também para protegê-los. E como se os dois houvesse combinado, o Celestial voa em direção ao interior da criatura.

Se aquilo era um plano, havia dado certo. Espartoi cai de joelhos, fraco e inofensivo. Mas quando Drinian pensa em baixar seu arco, o gigante volta a atacar com sua espada, atingindo o cavaleiro de ouro em cheio.


Iniciativa:

1° Aiolia: Habilidade 9 + 1D (2) = 11
1° Raika: Habilidade 5 + 1D (6) = 11
2° Agamenon: Habilidade 5 + 1D (4) = 9
3° Odisseu: Habilidade 4 + 1D (3) = 7
4° Drinian: Habilidade 2 + 1D (4) = 6
5° Espartoi: Habilidade + 1D = 5



Status:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://blazecosmo.forumeiros.com
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Rebelião dos Anjos   Qua Set 02, 2015 6:58 am

Estava dentro da criatura, subia abrindo caminho sem dificuldade e esperava estar contribuindo para auxiliar meus aliados lá fora. O caminho apesar de antigo me apresentava um chão até que firme na qual eu poderia pousar.

Via que felizmente Spartoi era invulnerável somente por fora. Via uma massa enegrecida que parecia ser o cérebro do mesmo, mas isso me incomodava. Tentava sentir a "tendência" daquele cosmo. Imaginava que eles não tivessem sentimentos, mas será que ele não estava sendo controlado por Lúcifer?

Em todo caso concentro minhas estrelas em minhas mãos e mirando nessa massa de cosmo atiro.

Primeiro tento com minha força normal para testar a resistência do mesmo, mas caso necessário já preparo meu finito.

off: mantenho flutuando um pouco acima do piso para caso ele quebre eu não caia.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Rebelião dos Anjos   Qui Set 03, 2015 9:40 am

O ataque do Leão de Athena cobre o campo com Poeira... Não conseguia mais ver com precisão, vejo o bater de asas do Celestial que avançava para o interior do corpo do gigante... Aos poucos sentia que a resistencia de Spartoi começava a diminuir... Ele parecia não mais lutar contra a minha força telecinetica... Provavelmente o anjo de Zeus estava fazendo algum caos lá por dentro...

Isso me dá mais folego para me sustentar em campo... Via que ao tentar criar um fragmento da minha estrela, iria me esforçar demais e poderia perder o controle sobre o seu corpo... Iria abdicar do ataque, priorizando sustentar a minha telecinese...

Com orgulho vejo o corpo de Spartoi cair de joelhos... Enfim haviamos conseguido derruba-lo...

Conseguimos ? Fiquem atentos, não pode ser apenas isso...

Como que respondendo as minhas palavras, e vencendo a minha resistencia, mesmo que com dificuldade, Spartoi ataca com a sua espada os guerreiros que estão a sua frente, ouço o retir do choque da espada com uma armadura, e vejo a lança ler arremessada contra o outro anjo...

Odisseu, o que quer que tenha realiado ai dentro, deu certo... Dependemos apenas de vc agora para eliminar ele...

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aiolia

avatar

Mensagens : 593
Data de inscrição : 24/02/2015

MensagemAssunto: Re: A Rebelião dos Anjos   Sex Set 04, 2015 1:54 pm

“Droga, mesmo caído ele ainda está bem para lutar.” Penso.

Era mesmo um ser fantástico. Pena não ter podido ajudar os Deuses quando eles mais precisaram. De qualquer forma, a luta acabou. Não adiantaria nada eu ficar aqui trocando golpes com este ser.

Sendo assim eu recuo para próximo de Raika e Drinian, ficando ali apenas para defendê-las de prováveis ataques.

- Odisseu, não demore. – Murmuro, torcendo pelo sucesso de meu pupilo.

Off: Se ele me atacar, faço manobra defensiva. Se ele atacar uma das duas, entro na frente para protegê-las.

_________________
O herói valente como um leão, sempre lutando por Athena.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Agamenon

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 21/04/2015
Idade : 26
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: A Rebelião dos Anjos   Dom Set 06, 2015 9:16 am

- Ksh!! Isso é tudo que pode fazer?

Agamenon mais uma vez tenta se comunicar com os demais, pelo canal de telepatia aberto

"Me escutem, a um centro de controle na cabeça dele!! Algo similar a um cerebro!!"

Pensa, sacando seu escudo pois daquele ponto onde estava seria um alvo facil para os ataques a distancia da criatura, mas em compensação, os guerreiros que estão por baixo teriam mais liberdade.

"Ou vocês deverão subir ate a cabeça dele ou o Leão poderia destruir esta proteção para poder-mos ter um alvo direto do cerebro dele"

Se ninguem escutasse novamente ou caso não tenha respostas, voaria para junto deles e falaria falar pessoalmente.

_________________

---------------------------------------------------
Deves aprender o amor e a fazer o bem não por pelo prazer da recompensa, mas pela gratidão e pelo dever da consciência.

"Pensamentos"
- Fala -
*Ação especifica*
Narrativa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Drinian

avatar

Mensagens : 172
Data de inscrição : 06/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Rebelião dos Anjos   Dom Set 06, 2015 6:03 pm

A poeira impede a minha visualização... Logo o gigante cai de joelhos... Abaixo o meu arco, mas então algo me assusta, o gigante ergue a espada e atinge o Leão de Ouro... Mas aparentemente ele estava bem...

Deixava o meu arco firme, mas não tinha onde mirar... Me mantenho atenta para poder me defender de algum ataque... Era o máximo que podia fazer no momento...

Vamos... Isso já levou tempo demais...

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Grande Mestre
Admin
avatar

Mensagens : 459
Data de inscrição : 06/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Rebelião dos Anjos   Dom Set 06, 2015 11:22 pm

Disposto a proteger as guerreiras, Aiolia recua, mantendo-se atento às reações do enfraquecido Espartoi. Não havia nada a ser feito contra o monstro em sua casca invulnerável. Ao Cavaleiro de ouro, só restava torcer para que seu pupilo tivesse êxito em seu avanço.

Mas não foi preciso esperar muito. Espartoi leva as mãos à cabeça como se lamentasse uma dor profunda, e já de joelhos, cai de cara sobre o solo, poucos metros de onde todos os guerreiros estão. Isso faz levantar ainda mais poeira, encobrindo a visão de todos quase que por completo. Porém, tanto a cortina de poeira erguida pelo leão dourado quando pela queda do monstro se dissipam. E agora tudo que restava era aquele enorme corpo de metal caído na escuridão do desfiladeiro.

Off: quem diria que logo o feroz cavaleiro de leão iria se dedicar a proteger a vida de um Espectro de Hades uahuhaua


Em meio à escuridão, Raika nota um brilho dourado se aproximando. O Cavaleiro de Ouro havia reagrupado junto a ela e a Satélite, que estava acima do monte de pedras. De repende ele fica apostos, analisando os movimentos de Espartoi a espera de algum ataque. No entanto, Raika não poderia dar muita atenção a ele. Precisava se concentrar no gigante de metal, ajoelhado logo à frente.

Mas não foi preciso por muito mais tempo. Espartoi leva as mãos à cabeça como se lamentasse uma dor profunda, e já de joelhos, cai de cara sobre o solo, poucos metros de onde todos os guerreiros estão. Isso faz levantar ainda mais poeira, encobrindo a visão de todos quase que por completo. Porém, tanto a cortina de poeira erguida pelo leão dourado quando pela queda do monstro se dissipam. E agora tudo que restava era aquele enorme corpo de metal caído na escuridão do desfiladeiro. A dor e a força da concentração se vai completamente. Uma sensação de alívio percorre o corpo da Espectro.


Preocupado com as ações do grupo, Agamenon utiliza o canal mental criado por Raika para explicar a todos a situação de Espartoi, segundo seu ponto de vista. Era verdade que o guerreiros não agiam com harmonia e isso poderia ser uma desvantagem  na batalha contra Lúcifer.

De repente, um brilho intenso e fugaz surge dos olhos do gigante, e Espartoi leva as mãos à cabeça como se lamentasse uma dor profunda. Já de joelhos, ele cai, seu corpo mergulhando e desaparecendo dentro daquela cortina de poeira a pouco levantada. Aos poucos, esta mesma poeira se dissipa por completo, e do alto Agamenon consegue ver tudo de um ângulo melhor, apesar da escuridão. Logo abaixo dele, estavam Aiolia, Drinian e Raika. No centro daquela cercania estava o corpo de Espartoi caído, morto. Em sua nuca, havia algumas rachaduras, e entre elas, era possível ver Odisseu lá dentro. Estava desacordado, preso debaixo de alguns escombros.


Olhando para o piso, Odisseu percebe não ser seguro. Então ele abre suas asas e plana em direção àquele cérebro enorme. A massa escura que cercava aquele músculo intriga o Celestial, que usa seu cosmo para entrar em harmonia com ela e sentir sua tendência. E ao fazer isso, uma mensagem lhe chega à mente.

“Então vc é o homem que destruiu o meu amado discípulo, Atreu... Eu ofereci a todos os Celestiais a chance de se juntarem a mim. Muitos deles aceitaram, enquanto os que me rejeitaram foram imediatamente mortos por sua insolência diante do novo senhor deste mundo. Mas a vc, Odisseu, eu não ofereço nada. Vc que sempre demonstrou um amor incondicional pelos humanos, e que não pôde oferecer este mesmo amor a Atreu, nem mesmo merece a morte. O seu castigo será eterno, eterno, eterno...”

Quando a mensagem termina, Odisseu finalmente reconhece a voz por trás dela. Era Lúcifer. Somente ele era capaz de dirigir a alguém uma ameaça tão assustadora com uma sonoridade tão bela e pura. Então Odisseu reage concentrando suas estrelas em uma das mãos e atira contra o cérebro, prefurando o alvo e o destruindo com muita facilidade.

Isso faz o corpo metálico de Espartoi parar. Agora não era mais um ser, era apenas um objeto sem vida, uma estátua.

Odisseu testa reflexos (Teste de Habilidade -1): Resultado = 5 (Falha)

De repente, o corpo de Espartoi desaba, e assim começa uma grande bagunça de vigas, madeiras e pedaços de ferro voando para tudo que é lado, como se o interior daquele corpo houvesse se transformado em uma grande batedeira. Quando o corpo do gigante atinge o solo, todos esses objetos caem sobre Odisseu, soterrando-o. O Celestial perde a consciência...


Drinian oferecia ao grupo o que tinha de melhor: sua mira. Ela analisa toda a criatura, mas assim como Aiolia, que recuou de mãos atadas, ela também não podia fazer muita coisa contra aquela criatura invulnerável. Se Espartoi atacasse, tudo que poderiam fazer eram manobras defensivas. Não poderiam revidar de forma alguma. E ao pensar nisso, Drinian nota uma coisa no mínimo interessante. O Cavaleiro de Ouro estava ali não porque pretendia recuar, mas sim para proteger as duas, duas guerreiras que não nutriam nenhuma simpatia por Athena.

Não foi preciso muito mais tempo para que tudo se resolvesse. Espartoi leva as mãos à cabeça como se lamentasse uma dor profunda, e já de joelhos, cai de cara sobre o solo, poucos metros de onde todos os guerreiros estão. Isso faz levantar ainda mais poeira, encobrindo a visão de todos quase que por completo. Porém, tanto a cortina de poeira erguida pelo leão dourado quando pela queda do monstro se dissipam. E agora tudo que restava era aquele enorme corpo de metal caído na escuridão do desfiladeiro.



Status:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://blazecosmo.forumeiros.com
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Rebelião dos Anjos   Seg Set 07, 2015 8:25 pm

Observo o Leão de Ouro ao meu lado... Seus olhos não param, observando todos os movimentos de Spartoi... Mas não podia prestar tanta atenção a ele, o meu esforço estava no limite...

Mas logo vejo o Gigante erguer as mãos, penso que o mesmo irá novamente atacar, mas logo ele cai e somente quando a poeira se vai, vemos que Spartoi foi finalmente derrotado...

A sensação de alivio percorre a minha mente e o meu corpo... Não precisava mais conter o seu avanço...

Vencemos... Mas isso é apenas o começo...

Não via o Anjo que havia entrado no corpo de Spartoi e não sentia mais o mesmo na minha mente... Me forço novamente e uso a minha Telecinese nos pedaços do corpo, para poder ergue-las.

Precisavamos sair logo daquele lugar... Os anjos poderiam retornar...

OFF:
 

_________________



Última edição por Tony.Kage em Ter Set 08, 2015 3:05 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aiolia

avatar

Mensagens : 593
Data de inscrição : 24/02/2015

MensagemAssunto: Re: A Rebelião dos Anjos   Ter Set 08, 2015 1:37 pm

Off: Não estamos em guerra e ela é minha parceira de missão. Quer que eu faça o que?

Finalmente Espartoi havia caído, e devíamos isso a Odisseu. Ele estava progredindo muito desde que o encontrei na luta contra os Marinas. Está superando suas antigas dúvidas e hesitações para se tornar um guerreiro respeitável.

- Bem, Agamenon, parece que não há mais. – Digo ao Celestial que voava, apontando para o gigante caído.

Olho para as garotas, confirmando se elas estão bem. Ao menos pareciam.

- Tem razão, Raika... Eu gostaria muito de saber quem são aqueles seis Celestiais que apareceram antes. – Comento.

_________________
O herói valente como um leão, sempre lutando por Athena.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Rebelião dos Anjos   Ter Set 08, 2015 2:41 pm

Ao ressoar meu cosmo com aquela estranha energia recebo em minha mente uma mensagem de meu oponente, isso me assusta, mas tento levar minha fé e esperança adiante.

Tento responder imediatamente, demonstrando minha determinação e justiça.

_Ora ora, o favorito dos deuses fazendo ameaças ao simples vigia do mundo? Deve estar mesmo desesperado, sabendo que a luz da justiça eliminarão as trevas que dominam o mundo. Tenho pena de você...

Após isso ataco o cérebro de Spartoi, era hora de acabar com aquilo. Ao acertar tudo começa a ruir e em meio a uma chuva de destroços sou atingido. Sinto o peso em minhas costas antes de apagar, mas sabia que esse oponente havia sido superado, isso me deixava feliz.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Rebelião dos Anjos   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Rebelião dos Anjos
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 39Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 21 ... 39  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
JOGAR
 :: Sagas
-
Ir para: