InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 A Tríade Oriental

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 16 ... 30  Seguinte
AutorMensagem
Antares

avatar

Mensagens : 68
Data de inscrição : 15/07/2015
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: A Tríade Oriental   Sex Ago 28, 2015 2:35 am

"Está muito escuro, lembro-me que uma vez meu mestre me disse que o elemento ar tem muitas coisas envolvidas."

*Antares cerrou os punhos e com a habilidade aumento a intensidade do ar assim aprimorando o campo de percepção através do olfato.*

- Humm seria justo que saiba quem o irá derrotar.
Eu sou Antares de Raia Manda, sou apenas um soldado marina e acabarei com você!

Elevo meu cosmo e com os punhos fechados se possível lanço em direção ao inimigo meu Vendaval! (Potencia máxima)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Grande Mestre
Admin
avatar

Mensagens : 459
Data de inscrição : 06/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Tríade Oriental   Sab Ago 29, 2015 1:29 pm

Episódio 2 – Uma nova jornada.


Pantheras:

Com o seu domínio sobre as trevas, Pantheras evoca uma nuvem negra entre suas mãos. Ela é muito agitada, e precisa de controle para se adequar ao corpo de Espectro.

Pantheras testa trevas (Elemento -1): Resultado = 2 (Sucesso)


O Espectro consegue domesticar a nuvem em sua mão, e então a veste como um manto, tornando a si próprio quase impossível de ser detectado. Então, de maneira bem soturna, ele segue a trilha deixada pelo sangue, e após alguns metros, chega a um barranco, onde no topo, ele ouve a seguinte conversa:

- Afinal de contas, onde está o colar?
- Aqui.
- Bom, mas olhe para vc. O que houve lá?
- Aquela maldita Pandora me viu, e me acertou com sua arma. Sorte a minha ter pego apenas de raspão.
- Ela quebrou a sua máscara...
- Eu sei. Vou pedir perdão à Lady Amaterasu pessoalmente quando chegarmos.
- ...
- O que foi, Seiji. Por que esse silêncio?
- Lady Amaterasu não o perdoa por isso.


Uma poderosa rajada de cosmo roxo é lançada do topo daquele barranco, cruzando a floresta de repente, e junto a ela, o corpo do ladrão que invadira o castelo é lançado ao ar junto ao seu grito de dor. Ele cai violentamente bem ao lado de Pantheras, ferido e agonizante.


Status:
 


Morto:

O Cavaleiro tinha um oponente à altura diante de si, mas como sempre, não demonstrava nenhum ânimo em relação a isso. Mais rápido do que seu adversário, ele eleva o cosmo apenas o necessário, e com um dedo, lança sua técnica.

Morto usa Superpoder: -1 Cosmo

Nachi tenta resistir (Teste de Resistência -1): Resultado = 1 (Sucesso)


O golpe em espiral segue na direção do inimigo, mas quando parecia que sería atingido, Nachi sorri e estapeia o ataque para o lado, desviando-o.

- Lento demais até para um cadáver!

Nachi avança contra Morto com o punho em riste e lhe desfere um soco.

Nachi ataca: Força + Habilidade + 1D = FA 7

Morto: Armadura 4 + 1D (2) = FD 6


O punho de Nachi acerta Morto apenas de raspão, mas é o suficiente para fazer descascar parte do rosto do Morto-Vivo, deixando exposta parte da sua carne podre.


Iniciativa:

1° Nachi: Habilidade + 1D = 9
2° Morto: Habilidade 4 + 1D (2) + 1 = 7


- Evitou bem o meu soco, mas o que dizer do meu chute?

Nachi gira seu corpo em uma manobra habilidosa, tentando atingir Morto com um chute rodado.


Status:
 


Cyttorak:

Mesmo vendo outros Berserkers como ele sendo destruídos como bonecos bem na sua frente, o gigante avança para atacar a criatura com sua técnica. Cyttorak eleva o seu cosmo e corre na direção do esqueleto, esticando seus braços para apanhá-lo em um agarrão.

Cyttorak: Força 5 + Habilidade 4 + 1D (1) + 2 = FA 12

Guerreiro tenta se esquivar (Teste de Habilidade -4 + 2): Resultado = 5 (Sucesso)


Quando o Berserker estava prestes a abraçar aquele monstro, o guerreiro esquelético salta, tocando a testa de Cyttorak com um dedo enquanto passava direto por ele. Agora de costas, o gigante apenas ouve o grito agonizante de Masha. E quanto ele olha para trás, o esqueleto está com a Berserker morta em seu braço. O peitoral de sua armadura fora destruído, e o seio da guerreira brutalmente arrancado, para logo em seguida ser devorado por aquela boca de caveira.  

- Dos cinco, vc foi o único que teve a coragem de me enfrentar. Eu conheci o guerreiro que vestiu esta Couraça antes de vc, e só porque a sua bravura me fez lembrá-lo, eu vou deixar que vc viva. Mas nunca mais retorne a este lado da floresta, pelo menos até ter mais a me oferecer do que esse cosmo tão pequeno.

A voz dele era rascante, do tipo que assustaria crianças e seres de coração fraco. Ele passa mais alguns segundos olhando para Cyttorak com seus olhos profundos e depois apenas recuar para o interior da floresta, deixando o corpo violado de Masha sobre o chão. Cyttorak estava sozinho agora.

Off: Não tente fazer ações para tentar perseguí-lo, todas serão inúteis.


Status:
 


Aiden:

O Marina se mostra bem esperto ao tentar ludibriar aqueles seres. Sem dificuldade, ele sobe como um gatuno sobre o teto daquela pomposa habitarão. E então encontra um pedaço de coral, atirando em uma outra direção para distrair o trol que havia sobrado. De fato, a criatura fica bem alarmada, mas ela apenas se afasta um pouco da entrada da casa, procurando observar tudo ao redor em busca deste barulho. Não havia um jeito de fazer os dois irem embora, seria burrice demais até para eles.

Aiden testa furtividade (Teste de Habilidade -1): Resultado = 6 (Falha)

O Marina descia calmamente sobre o telhado até a porta, de onde o troll havia se afastado. Mas sem querer ele segura em um pedaço solto da estrutura, e ela cede, fazendo muito ruído. O troll imediatamente olha em sua direção, se mostrando furioso ou vê-lo tão perto da porta.

Iniciativa:

1° Aiden: Habilidade 4 + 1D (4) = 8
2° Troll: Habilidade + 1D = 7



Aléxia:

Com a permisão da deusa Ártemis, Aléxia dá início à sua jornada ao Japão. Usando o caminho dos deuses, a viagem não demora mais do que um dia. Desta forma, ela finalmente chega a Tokyo, com suas roupas comuns e a urna de sua Lunaris nas costas. Ela agora está em um beco entre dois grandes prédios, pois com aquelas asas de fada, chamaria muito a atenção.

Eram exatos meio-dia naquele local do mundo dos humanos, e a Satélite não pode deixar de reparar no calor terrível que faz naquela cidade. Ondas de vapor subiam do asfalto, deixando o ar muito abafado. E como se já não bastasse, o calor do sol era tão opressor que algumas pessoas na rua próxima ao beco se amontoavam em busca de sombras. Tamanha era a confusão causada por esse calor absurdo, que uma senhora de idade acabou passando mal, sendo socorrida por quem passava.

- Minha querida prima.

Aléxia reconhece essa voz. Estava um pouco mais madura pela idade, mas ainda era a mesma da menina que ela chegou a considerar como uma irmã no passado. Vinha do topo de um dos prédios, e quando Aléxia olha, vê a silhueta de uma mulher contra o sol.


Status:
 


Antares:

Antares testa controle do Ar (Teste de Elemento -1): Resultado = 6 (Falha)

Tensa pela escuridão que  a cerca, a Marina não consegue se concentrar o suficiente para manipular o ar do ambiente. Ao seu olfato só vem o cheio tão comum de sal marinho que domina o templo, e o inimigo continua invisível para ela.

Antares testa percepção (Teste de Habilidade -1): Resultado = 4 (Falha)

Ela se prepara para lançar seu Vendaval, mas não conseguia descobrir onde estava seu oponente, então hesita, e é neste momento que Girô lhe ataca novamente.


Girô ataca de longe: Poder de Fogo + Habilidade + 1D = FA 11

Antares: Armadura 4 + 1D (3) = FD 7


Enquanto se via perdida nas trevas, Antares sente cinco daquelas estrelas ninja lhe atingindo. Elas cravam em sua pele e lhe arrancam sangue em profusão. Assim, a risada do inimigo é ouvida.

- Olha pra vc. Uma mulher vestindo armadura... Isso é cômico.


Iniciativa:

1° Antares: Habilidade 4 + 1D (4) = 8
2° Girô: Habilidade + 1D = 5


Status:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://blazecosmo.forumeiros.com
Mortinho

avatar

Mensagens : 110
Data de inscrição : 13/07/2015

MensagemAssunto: Re: A Tríade Oriental   Dom Ago 30, 2015 5:29 pm

_Sabe eu queria evitar briga atoa, ainda mais perto de Olivia.

Olho para ela e peço desculpas. Enquanto tento colocar o pedaço do meu rosto no lugar.

Não queria lutar contra um cavaleiro de Athena, mas eles não me deixavam em paz.

Ataco com minhas garras a perna de Nachi. Deixaria o veneno cuidar dele.


Infelizmente teria que lutar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Cyt

avatar

Mensagens : 165
Data de inscrição : 08/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Tríade Oriental   Dom Ago 30, 2015 7:24 pm

Estava próximo de conseguir agarrar aquele esqueleto, quando o mesmo se esquiva com extrema facilidade, e chegando a tocar um dedo em minha testa, tamanha a sua velocidade... Ouço o grito as minhas costas... Ao me virar vejo a Berseker morta... Ele devora o seio da guerreira a minha frente...

Sinto o cheiro de sangue... Vejo o mesmo gorgolejar pela ferida exposta... Aquilo faz o meu coração pulsar mais forte... Mas ainda hesitava em ataca-lo... Ouço as suas palavras e o vejo desaparecer pela floresta... Aperto o meu punho...

Eu voltarei... E arrancarei essa Couraça com as minhas mãos...

Uma parte de mim queria persegui-lo, mas sabia que era inútil combate-lo... O Arauto precisava ser avisado da existência daquela criatura, mas assumir que falhei em mata-lo ? Não, revelarei a sua existência apenas quando estiver com a sua cabeça em minhas mãos... Tinha uma missão a realizar pelo Imperador...

Olho para os corpos caidos... E sigo em direção a onde esta o Galeão...

OFF: Vou deixar ele fugir dessa vez! KKKKK

_________________
Pensamento
Fala
Ação



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Tríade Oriental   Seg Ago 31, 2015 1:53 pm

Calmamente eu caminho pela floresta, as vezes usando minhas asas quando sinto que meus passos fariam algum barulho. Ao chegar diante de um barranco, paro quando ouço vozes conversando no topo.

“Seiji, será esse o dono desse cosmo mais forte?” penso.

Sem mais nem menos, uma cosmo energia é disparada, e o ladrão que eu perseguia voa em minha direção, caindo aos meus pés. Imediatamente plano em sua direção com minhas asas e examino o seu estado.

_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aiden

avatar

Mensagens : 73
Data de inscrição : 25/06/2015

MensagemAssunto: Re: A Tríade Oriental   Ter Set 01, 2015 9:52 am

- Mas que merda...

Dispara em direção a criatura e lhe aplica um chute giratório apoiando as mãos no chão feito uma hélice. Mira na cabeça do troll.

- Deveria ter ficado quetinho! Sentirá a força de Tanagus!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Antares

avatar

Mensagens : 68
Data de inscrição : 15/07/2015
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: A Tríade Oriental   Qua Set 02, 2015 7:06 pm

"Hum sei que Ainda tenho outros truques, mas preciso acertar ele em cheio"

*Atraves do elemento ar aumento a intensidade sonora para tentar indentificar a localização do assasino.*

-Adora você me deixou brava!

*Elevo meu cosmo mais uma vez e com os punhos fechados lanço em direção ao inimigo meu Vendaval! (Potencia máxima)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alexia.

avatar

Mensagens : 312
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Tríade Oriental   Qui Set 03, 2015 8:49 am

“Cheguei... Mas que calor é esse?”

Mesmo exposta debaixo daquele sol abrasador, eu iria continuar naquele beco. Não podia sair dali com minhas asas. As pessoas estranhariam muito.

- Coitada...

Dei um passo para frente, desejando estar ali para ajudar aquela pobre mulher, mas eu não podia. Seria um risco para a minha missão. Por sorte, outros humanos pararam para socorrê-la.

“Que bom. Isso mostra que eles ainda se importam uns com os outros.”

Enquanto eu pensava em esperar até de noite, uma voz conhecida me surpreende naquele beco. Olho para o alto com a mão fazendo uma aba para os olhos na testa, e vejo uma mulher no topo daqueles prédios.

- Morrigan? É vc?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Grande Mestre
Admin
avatar

Mensagens : 459
Data de inscrição : 06/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Tríade Oriental   Sex Set 04, 2015 3:00 pm

Morto:

Momentos antes de Nachi atacá-lo, Morto olha para trás, vendo Olívia com as duas mãos junto ao peito, indicando que estava preocupada, embora a máscara não permitisse que ele visse o rosto dela. Mesmo não podendo ver os traços, ele sabia que ela era uma linda guerreira, tanto por dentro, quando externamente. Era uma pena que os dois não pudessem viver aquele romance de uma forma indiscriminada.

Distraído pela presença de sua amada, o cavaleiro deixa de se defender, recebendo todo o impacto daquele golpe em seu peito.

Nachi ataca: Força + Habilidade + 1D = FA 13

Morto: Armadura 4 + 1D (4) = FD 8


O chute rodado de Nachi atinge Morto em cheio, e o morto-vivo está prestes a ser lançado para trás, quando finalmente decide reagir, cravando suas garras no adversário.

Morto ataca: Força 2 (+3) + Habilidade 4 + 1D (6) = FA 15

Nachi: Armadura + 1D = FD 7 (Teste de Resistência): Resultado = 2 (Sucesso)


O Cavaleiro de Hidra cambaleia para trás, enquanto o Cavaleiro de Lobo ri. Mas de repente Nachi se agacha, acusando uma horrível dor em seu tornozelo.

- O que são estes furos em minha armadura? Foi vc, seu desgraçado?


Iniciativa:

1° Morto: Habilidade 4 + 1D (4) + 1 = 9
2° Nachi: Habilidade + 1D = 5


Status:
 


Cyttorak:

O gigante finalmente embarca no galeão. Aquela era uma grande embarcação de madeira, movida tanto por uma enorme vela quanto pelos remos de alguns escravos no compartimento abaixo. Podia ser muito velho aquele barco, mas era resistente e tinha certo charme. Ao subir abordo, Cyttorak é recepcionado por um homem corcunda, careca e cheio de cicatrizes:

- Seja bem-vindo a bordo mestre. Eu sou Rogi, seu criado durante toda a viagem.

Rogi conduz Cyttorak até suas dependências no navio, e a cabine se mostra mais luxuosa do que o esperado. Havia bastante comida, e até entretenimento para o guerreiro. Mas havia algo que aqueles homens não sabiam que o Berserker precisava, e esse algo se tornava cada vez mais necessário a cada dia que passava.

O primeiro e o segundo dias de viagem foram bem tranquilos, a comida o saciava perfeitamente. Mas no segundo, a voz de seu vício perverso começou a cantar em seus ouvidos. Mas onde conseguir sangue naquele galeão? Quando o quarto dia chegou, Cyttorak manifestava uma aparência doente. Estava pálido e com os olhos vemelhos muito profundos. O vício falava mais alto do que nunca, e se ele não tomasse sangue logo, perderia o controle sobre seus atos muito em breve.


Status:
 


Pantheras:

Ao ver o ladrão caindo ao seu lado, Pantheras se aproxima, analizando o estado daquele homem. Como era de se esperar pela intensidade da energia, ele está ferido em um estado grave, agonizando como um inseto esmagado sobre o solo.

- Lady... Amaterasu... Eu dei... a minha vida por ela... lhe entreguei o colar que ela sempre desejou... e é assim... que ela me agradece...

Estas são as últimas palavras daquele ladrão. Ele cai desfalecido e sem nenhuma força vital. Agora ele era apenas um corpo, cujo fantasma começa a vagar confuso pela floresta. E enquanto Pantheras observa o espírito, nota que o cosmo poderoso do tal de Seiji desaparece em um piscar de olhos.


Status:
 


Aiden:

O grotesco troll corria na direção do Marina, e ele era tão grande e pesado que seus passos faziam o solo tremer um pouco. Seu corpo era bastante robusto, com músculos revestidos por sua pele grossa e acinzentada. Porém, isso não intimida o guerreiro, que habilidosamente ataca.

Aiden ataca: Força 4 + Habilidade 4 + 1D (5) = FA 13

Troll se defende: Armadura + Habilidade + 1D = FD 7

O Marina joga seu corpo para o lado, mudando o membro de apoio. Sua mão o equilibra no chão de pedra, enquanto seu pé atinge o rosto do troll em cheio, fazendo escorrer sangue de dentro do ouvido do monstro.

Iniciativa:

1° Aiden: Habilidade 4 + 1D (5) = 9
2° Troll: Habilidade + 1D = 3


Status:
 


Antares:

O começa a se mover ao redor da Marina como se fosse um ser vivo deslizando sobre seu corpo. Isso faz com que odores se tornem mais intensos. A maresia, o fedor do sangue daqueles cadáveres, e principalmente o cheiro de morte vindo daquele guerreiro que a atacava. E assim que detecta seu adversário bem ao seu lado esquerdo, ela usa sua técnica contra ele.

Primeiro Tiro: Poder de Fogo 4 + Habilidade 4 + 1D (6) = FA 14

Girô se defende: Armadura + Habilidade + 1D = FD 10


Segundo Tiro: Poder de Fogo 4 + Habilidade 4 + 1D (3) = FA 11

Girô se defende: Armadura + Habilidade + 1D = FD 6


Terceiro Tiro: Poder de Fogo 4 + Habilidade 4 + 1D (5) = FA 13

Girô se defende: Armadura + Habilidade + 1D = FD 7


Quarto Tiro: Poder de Fogo 4 + Habilidade 4 + 1D (3) = FA 11

Girô se defende: Armadura + Habilidade + 1D = FD 6


Girô é pego totalmente de surpresa pelo ataque de Antares. Como uma dançarina, a guerreira movimenta o ar, socando e chutando de longe, de modo que o impácto do ar atinge o oponente com muita violência. Agora o cheiro de sangue não impregnava apenas nos cadáveres caídos próximos, cheirava com muita força no invasor também.

- Vc me feriu. Nenhuma mulher, e poquissimos homens, foram capazes de tamanho feito.

A voz daquele homem agora era acompanhada por pequenos gemidos de dor, e após o eco dela sumir naquele salão, uma nova voz – muito conhecida por Antares – surge bem atrás dele, dizendo:

- Permita que eu me junte a esta lista. Triangulo de Ouro!

Antares reconhece essa voz de imediato, e por instinto, sente a necessidade de prestar reverência a ela. De repente, um cosmo dourado brilha tão intensamente que expulsa a escuridão do lugar, e a Marina não só enxerga seu oponente, como enxerga também o grande Kanon de Dragão Marinho surgindo bem atrás dele.

O General-Mor cria uma forma triangular com a ponta do dedo, e quanto esse triangulo envolve Girô, o invasor cai em alguma espécie de dimensão paralela, sumindo daquela sala. Assim, Kanon se volta para Antares, e pede:

- Me acompanhe, Raia-Manta. Vamos descobrir o que esse verme queria dentro do templo do Imperador.


Status:
 


Aléxia:

Ante a pergunta da Satélite, a mulher salta do prédio, e agilmente diminui a velocidade de sua queda saltando entre uma parede e outra daquele beco, até pousar seguramente próxima de Aléxia.

Ela vestia uma roupa de couro totalmente negra, feita para motoqueiros, e tinha um cabelo rosado e curto. Era Morrigan, com certeza, mas estava muito diferente daquela menina da sua infância. E suas asas... Elas não existiam mais.

- Minha queria prima...

Sem rodeios, Morrigan se aproxima e abraça Aléxia, e num gesto muito carinhoso, beija o seu rosto de forma demorada, dizendo:

- Eu senti tanto a sua falta.


Status:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://blazecosmo.forumeiros.com
Tony.Cyt

avatar

Mensagens : 165
Data de inscrição : 08/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Tríade Oriental   Sex Set 04, 2015 5:23 pm

Entro no Galeão, via que era uma embarcação velha, ela ja devia ter sido usada em muitas invasões... Mas via que ela iria me levar para o local em segurança...

Logo um homem se aproxima de mim me recepcionando... O cumprimento acenando a cabeça e o sigo até a minha dependencia... Vejo que luxo demais fora selecionado... Algumas mulheres me aguardavam...

Trato de retirar a minha armadura, a deixando montada... Assim, todo poderiam contemplar o poder do búfalo do Imperador... Iria saciar a minha raiva de não poder destruir o inimigo no sexo com as mulheres...

Dois dias se passam... E ainda não haviamos chegado ao nosso destino... A minha sede de sangue urgia... Quando fechava os olhos via o sangue escorrer lentamente a minha volta...

Não achei que essa viagem fosse tão longa... Preciso consumir sangue... Antes que a minha besta aflore e eu afunde o navio com todos os mortos...

Ao me olhar no espelho via que demonstrava traços de fraqueza... Aquilo era inadmissível... Chamo por Rogi... Assim que ele chega iria fazer um pedido para ele...

Preciso que traga uma das escravas... A mais nova delas... E esvazie essa parte do Navio...

Quando Rogi trouxesse a garota, iria montar a minha armadura a porta do quarto... Impedindo que alguém entrasse ou saísse... Iria saciar a minha sede de sexo e sangue com aquela garota...

_________________
Pensamento
Fala
Ação



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Tríade Oriental   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Tríade Oriental
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 30Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 16 ... 30  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
JOGAR
 :: Sagas
-
Ir para: