InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... , 10, 11, 12  Seguinte
AutorMensagem
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qua Dez 30, 2015 10:57 am

Preocupado com os ferimentos antes da derradeira batalha, Odisseu começa a levar sua adversária um pouco mais a sério. Apesar de não utilizar uma armadura, ela não fazia feio frente a um guerreiro sagrado. Sendo assim, o Celestial começa a elevar o seu cosmo de luz, criando mais uma vez a sua estrela em um tamanho moderado.

Odisseu usa ataque especial preciso (Finito): Luz 5 x2 + Habilidade 4 + 1D (4) = FA 18

Assassina Morena se defende: Armadura + Habilidade (-2) + 1D = FD 4

A esfera de luz tinha o tamanho de uma maçã, mas poder suficiente para atravessar o lado esquerdo do peito daquela mulher e obliterar seu coração. Com uma horrenda face de dor, ela cospe muito sangue. Em seu peito ficara um grande buraco esfumaçante, e a esta ferida ela não resiste. A assassina cai morta de cara ao chão.


Raika não se sente a vontade em uma batalha corporal. Mais uma vez ela se afasta de sua inimiga, e na palma de sua mão cria outro fragmento de sua estrela negra, atirando-o sem piedade pela assassina, que cruza os braços na tentativa de se defender. Mas a pobre mulher mal sabe que atrás dela, o outro Espectro aproximava-se feito uma sombra, pronto a lhe desferir um golpe covarde apenas pelo prazer da luta.


Raika ataca: Poder de Fogo 3 + Habilidade 5 + 1D (2) = FA 10
Pantheras ataca: Força 3 + Habilidade 4 (-1) + 1D (2) = FA 8
Assassina se defende: Armadura + Habilidade + 1D = FD 7

O fragmento da estrela atinge a mulher em cheio, ferindo seus braços de modo que muito sangue começa a escorrer pelos seus pulsos. Mas ela mal tem tempo de se vangloriar por estar viva. O punho de Pantheras atinge suas costas com tamanha força, que a atravessa, destruindo sua coluna, pulmões e surgindo todo ensanguentado em seu peito. A assassina era agora apenas um cadáver na mão do Espectro.



Status:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qua Dez 30, 2015 3:40 pm

Via Pantheras voar para combater a minha adversaria... Não me opunha, quanto antes matássemos essas assassinas, logo chegaríamos a Jango e finalizaríamos a nossa missão naquela ilha...

Via o meu fragmento e punho de Pantheras obliterarem a mulher... Ao vê-la morta, me concentro a minha volta... Usando a minha telepatia para identificar se outros adversários estavam se aproximando ou se ocultando...

Vamos logo com isso... Jango deve estar próximo...



_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qua Dez 30, 2015 5:34 pm

As lutas haviam acabado, agora esperava enfrentar o verdadeiro causador dessa desgraça, os cavaleiros negros haviam se libertado e estavam destruindo tudo. Minha opinião no momento não era necessária.

Primeiro concentraria-me em libertar o cavaleiro que tomava conta daqui e matar o vilão.

_Raika, quantas pessoas tem dentro da caverna? E me permitam iluminar o caminho?

De onde estava lançaria uma bomba de luz para clarear nossa entrada e cegar quem estivesse la dentro.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Sab Jan 02, 2016 11:38 pm

Retiro meu braço de dentro do corpo da mulher e tento limpar aquele sangue o melhor possível.

- Raika tem razão, devemos nos apressar antes que mais lacaios apareçam. – Dou a minha opinião.

Faço que sim quando Odisseu sugere iluminar o caminho, e me surpreendo quando o que ele atira dentro da caverna é uma explosão de luz.

- Legal, perdemos o elemento surpresa. – Comento.

Bato minhas asas em direção à caverna e sigo na frente dos guerreiros.

_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Seg Jan 04, 2016 10:19 am

Após a violenta saga na Ilha da Rainha da Morte, os três guerreiros finalmente chegam ao coração daquele lugar conhecido como o inferno na terra. Deixando uma trilha de corpos inimigos para trás, eles chegam até o topo do vulcão por seus próprios meios, alcançando a caverna em que o líder daquele lugar amaldiçoado costuma repousar.

Odisseu cria uma explosão de luz para ajudar os seus amigos e cegar os inimigos, mas o túnel possuía muitas curvas, e sua tentativa acaba não sendo eficaz. Pantheras caminha na frente, sendo seguido por Raika e o Celestial. Eles dobram todas as curvas do sinuoso túnel até se deparar com um portal iluminado pelo magma.

Em uma câmara feita de rocha, um homem de cabelos azuis se encontrava muito ferido, sujo de cinzas e exausto. Ele estava emparedado do outro lado da câmara, com seus braços e pernas contidos pela rocha. Um pouco abaixo dele, um mar de lava borbulhava, irradiando um calor quase insuportável.

Logo adiante do corredor, em uma plataforma vasta de pedra, um homem de cabelos cinza, usando uma proteção repleta de espinhos, está contemplando o prisioneiro com os braços cruzados. Ele solta uma repentina gargalhada com a chegada dos guerreiros e se vira para eles, exibindo um rosto deformado por uma feia cicatriz de queimadura que cobre a sua face esquerda.

- Os cavaleiros negros que mandei para cuidar dos invasores não foram o bastante? Muito bem, farei isso com as minhas próprias mãos. Mas vejo que vcs não são cavaleiros de Athena. Ótimo! Eu sempre quis testar o meu poder contra os outros deuses.


Iniciativa:

1° Jango: Habilidade + 1D = 10
2° Raika: Habilidade 5 + 1D (2) = 7
2° Pantheras: Habilidade 4 + 1D (3) = 7
3° Odisseu: Habilidade 4 + 1D (1) = 5

Jango corre na direção dos guerreiros e escolhe como alvo Pantheras que estava a frente, seu punho se ergue para destruir o espectro com um só golpe.




Status:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Seg Jan 04, 2016 2:29 pm

Logo chegamos ao topo do vulcão... Vejo a esfera de Luz criada pelo Celestial, mas aquilo se mostrou inútil... Ao passarmos por todos os corredores chegamos a uma câmara grande...

Vejo um homem preso acima do mar de Lava... O calor naquele local era digno de ser chamado de inferno na terra... Na plataforma ao final um homem sorri a nossa chegada... As suas palavras ressoam pelo local... As ignoro, ele não era digno que eu me apresentasse...

Ele salta para nos combater, vejo que ele mira um soco em Pantheras... Sorrio por trás do Elmo... Ao fazer isso, ele se deixava vulnerável ao meu ataque... Sabia que Pantheras resistiria ao ataque... Por isso o chamo para combinar o seu ataque ao meu... Mostraríamos o que Espectros de Hades poderiam fazer...

Pantheras... Aguente e ataque!

Juntaria as sombras do local a minha mão direita... E assim que o guerreiro atingisse Pantheras com o punho, dispararia a minha estrela visando junta-la ao ataque de Pantheras...

Estrela da Noite - Tipo: Preciso - Elevação: X4 - Alvo: Jango

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Seg Jan 04, 2016 2:57 pm

A esfera fora inútil, mas a caminhada mostrou o nosso verdadeiro inimigo ao fundo um homem preso em meio a rocha. Penso em solta-lo, mas abaixo dele um rio de lava e isso seria a morte do mesmo.

Jango fala sobre enfrentar outros deuses.

_Jango, seu crime contra a humanidade será punido. Conheço Athena e ela defendo todos os humanos, no meu caso defendo todos os seres justos do mundo e os malignos prefiro entrega-los ao imperador Hades.

Olho para meus aliados.

-Pantheras, Raika, por favor me prometam que ele sera levado a justiça de Hades.

Vejo que ambos vão atacar e eu me contenho, conhecia o efeito do golpe de Pantheras e com isso aguardar seria o melhor.

Concentro a luz em minha mão, mas espero antes de atirar, deixaria os dois atacarem enquanto uso meu poder especial para verificar alguma anomalia do local e se possivel um jeito de salvar aqule homem preso.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Seg Jan 04, 2016 11:10 pm

Depois de um longo caminho por aquela ilha maldita, nós chegamos ao ponto alto daquele vulcão. Passamos pelo túnel e finalmente encontramos o prisioneiro e o nosso alvo. Ele não parecia preocupado com o fato de estarmos em maior número, mas eu logo faria ele mudar de ideia.

- Acha mesmo que o soquinho desse cara me assusta? – Pergunto, olhando para Raika com um sorriso confiante.

Jango havia escolhido a mim como alvo. Iria aceitar o seu golpe de bom grado, enquanto elevava o meu cosmo para criar a minha nuvem. Quando chegasse eu iria atirá-la junto ao golpe de Raika.

- Não pense que um golpe como esse vai me parar, Cavaleiro renegado. Sopro do Abismo! – Brado.

Off: Trevas x5

_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Ter Jan 05, 2016 10:39 pm

Jango ataca: Força + Habilidade + 1D = FA 19

Pantheras: Armadura 4 + 1D (4) = FD 8

Em uma corrida de extrema velocidade, Jango avança feito um louco contra o Espectro de Papyllon. Pantheras não tem defesa, recebe todo impacto sobre o estômago, perdendo os sentidos por uns instantes e sendo arremessado contra uma das paredes.

Mas enquanto voava de maneira descontrolada, ele evoca seu cosmo obscuro ao mesmo tempo que Raika. Juntos, em perfeita sincronia, eles proferem o nome de suas respectivas técnicas e as atiram contra o renegado.


Raika usa ataque especial preciso (Estrela da Noite): Trevas 5 x4 + Habilidade 5 (-1) + 1D (3) = FA 27

Pantheras usa ataque especial paralisante (Sopro do Abismo): Trevas 5 x5 + Habilidade 4 (-2) + 1D (2) = FA 29

Jango: Armadura + 1D = FD 7

Quando se vangloriava pelo poderoso soco com que atingiu o inimigo, Jango vê vindo em sua direção uma estrela negra gigante, envolta por uma fumaça auxiliar que nébula a sua volta. O renegado fica em total alarme, mas já era tarde demais para fugir ou se defender. A estrela negra o engole totalmente, e quando explode, deixa para trás o guerreiro bastante ferido e paralisado pela fumaça que agora circunda seu corpo.

Odisseu concentra a luz em sua mão, mas estranhamente abdica de atacar. O Celestial prefere investigar o ambiente a sua volta, mas não encontra nada de muito anormal. Analisando a prisão de Ikki, o guerreiro só pode supor que bastava uma força descomunal para destruir a rocha em que o garoto estava preso e ferido.



Iniciativa:

1° Raika: Habilidade 5 + 1D (4) = 9
1° Pantheras: Habilidade 4 + 1D (5) = 9
1° Odisseu: Habilidade 4 + 1D (5) = 9  
2° Jango: Habilidade + 1D = 8


Off: Desculpe não ter postado hoje de manhã, meninos, fiquei sem net. Mas ao menos copiei pra vir aqui rapidinho postar. Ah, eu se eu soubesse que vcs iam apelar assim teria colocado um renegado de ouro


Status:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Ter Jan 05, 2016 11:39 pm

Era estranho, lutar ao lado desses espectros e nossas ações combinar tanto. Sabia que o ataque de Pantheras iria paralisar o oponente, agora nós três atacaríamos juntos e ele sentiria a morte chegando, a morte que muitas vezes ele levou a pessoas inocentes.

Essa seria a minha punição para ele, que em seus momentos finais sentiria todo o desespero, não tinha orgulho de minha ação e pensamento, mas pode ter certeza nesse golpe estariam reunidos todos os sentimentos bons que ele ceifou.

_Esse lugar será seu tumulo, falso guerreiro.

Elevo meu cosmo como uma estrela em supernova e disparo contra ele unindo meu ataque aos outros dois que sairiam.

_Finito...

off: Cosmo x4

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 11 de 12Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... , 10, 11, 12  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
MENU
 :: Registros
-
Ir para: