InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 10, 11, 12
AutorMensagem
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Ter Jan 05, 2016 11:55 pm

Vejo com prazer o meu ataque junto ao de Pantheras causar um grande dano ao Renegado... E como esperado, o ataque de Pantheras paralisa o renegado...

Caminho de encontro ao renegado enquanto fazia as sombras girarem a minha volta e se concentrando a minha mão...

Seu erro foi achar que somos iguais aos Cavaleiros de Athena! Morra... Sua alma será minha diversão nas Prisões...

Com a minha estrela pulsando a minha mão... Miro diretamente para o coração dele e disparo a queima roupa...

Estrela da Noite - Tipo: Preciso - Elevacao: X4

OFF: KKKKK SÓ IMAGINO A SUA CARA!! Estou até com medo dos próximos desafios!!

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qua Jan 06, 2016 12:28 am

Sinto o golpe daquele cara quase me abrir o estômago. Ele batia forte mesmo, mas não o suficiente para superar a minha vontade. Em meio à minha queda, lanço o meu golpe e o vejo se fundir ao de Raika para um ataque eficiente.

- Não se preocupem. Está totalmente paralisado agora. Tudo que pode fazer é rezar pra que isso acabe rápido. – Comento com meus companheiros.

Começo a elevar meu cosmo mais uma vez, mas ao invés de torná-lo fumaça, eu o transfiro para as minha asas.

- Não se preocupe, Jango. Isso vai ser rápido, só que você vai sentir... Asas Dilacerantes! – Brado.

Off: Trevas x5

_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qua Jan 06, 2016 10:20 am

O lugar ruim e as duras batalhas ensinaram lições importantes àqueles três guerreiros, mas a lição mais importante já estava dentro deles, gravadas em seus espíritos pelas palavras dos mestres que lhes ensinaram tudo que sabiam. Vence quem eleva mais o seu cosmo.

Desta vez os três elevam tanto, mas tanto, a sua energia que o cosmo os leva a patamares que eles nem suspeitavam existir. Isso acaba despertando suas mentes para um novo e misterioso sentido em que eles não precisavam tanto dos olhos para saber o que aconteciam à sua volta.

Agora eles também eram capazes de prever os movimentos de Jango, o que anulava completamente a velocidade em que o renegado se movia. Ao mesmo tempo, esse sentido os intuía para falhas na defesa do alvo, fornecendo uma melhor maneira de atacar.


Raika usa ataque especial preciso (Estrela da Noite): Trevas 5 x4 + Habilidade 5 + 1D (4) = FA 29

Pantheras usa ataque especial preciso (Asas Dilacerantes): Trevas 5 x5 + Habilidade 4 + 1D (4) = FA 33

Odisseu usa ataque especial preciso (Finito): Luz 5 x4 + Habilidade 4 + 1D (2) = FA 26

Jango: Armadura + 1D = FD 2


As duas estrelas ganham forma nas mãos de seus mestres, e ao serem atiradas juntas, se unem em uma grande esfera que mescla de forma revoltosa luz e trevas. O renegado grita ao ver o tamanho da energia que estava prestes a engoli-lo, e de repente, uma lâmina de cosmo surge para dividir ao meio novamente aquelas estrela e para se unir a elas em um poderoso ataque, que ao atingir Jango, causa uma onda de destruição tão intensa que quando se dissipa, não resta nada do renegado para contar a história.

off: Parabéns queridos. Missão concluída. Façam suas últimas ações na ilha pra eu finalizar o desafio amanhã.










Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qua Jan 06, 2016 5:44 pm

Uma união improvável, mas demonstrando uma força incrível nossa. Um golpe preciso e limpo, talvez o mais belo que vi até hoje. Sinto que meu mundo, nessa fantástica explosão de cosmo, sinto que meus sentidos agora possuíam um novo limite. Sentia o que acontecia ao meu redor. Eu era uma nova pessoa, um novo celestial.

Jango tenta se mover, mas não estava tão mais rápido que antes, agora conseguia seguir qualquer leve movimento seu. Por pouco tempo claro, a explosão oblitera o corpo do falso cavaleiro.

Vejo meus companheiros indo embora, porém antes prometo ser honesto em meu relatório perante o senhor dos Deuses. Abro minhas asas e vou até o homem preso, o calor era intenso então tinha que ser rápido, disparo estrelas para soltar o mesmo da rocha enquanto carrego seu corpo para fora da lava.

Usando meu cosmo tento curar algumas feridas dele ou mesmo acordar esse homem, tinha perguntas a fazer ao mesmo. O levo para fora, para a casa em que ficamos enquanto aguardávamos e recuperávamos nossas forças, quando ele acorda conto tudo para ele o que aconteceu na ilha e pergunto :

-Essa ilha é um inferno na Terra, é quase uma das prisões de Hades , por qual motivo Athena mantém esse lugar? Não seria melhor retirar os inocentes da ilha e eliminar esse terror?

Aguardo a resposta antes de ir ao Olimpo dar meu veredito para Zeus.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qua Jan 06, 2016 11:17 pm

Vejo o meu ataque se fundir ao dos outros guerreiros e isso leva o Renegado a morte...

Contemplo o ambiente e fecho os olhos... Meu cosmo havia se elevado mais durante todas aquelas batalhas... Eu sentia o mundo a minha volta como nunca havia sentido antes... Sorrio por baixo do elmo... Ao menos algo de bom eu iria levar daquele inferno...

Abro os olhos e me viro para o Celestial...

Odisseu... Acredito que já tenhamos visto mais do que o suficiente para provar que Athena é negligente para com a terra e os humanos... Ela prefere lhe impor o sofrimento do que o belo sono da morte... Seja fiel ao que viu... Foi uma boa diversão...

Olho o prisioneiro... Ele era o responsável por manter toda aquela ilha em ordem... Pelo visto era incompetente em fazer o seu trabalho... Dou as costas e falo com Pantheras exclusivamente...

Algo mais que queira fazer aqui ? Posso nos teleportar de volta...

Caso Pantheras me seguisse... Iria me teleportar de volta ao Castelo de Hades, ao salão, Pandora estaria nos esperando... Ainda bem que eu estava em condições apresentáveis...

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qui Jan 07, 2016 12:46 am

Tantas vezes elevando o cosmo ao seu máximo fez com que chegássemos ao ponto de descobrir um novo sentido. Com ele, era possível ver tudo de uma forma diferente e intuitiva. Após derrotarmos Jango com o nosso poder combinado, me sento sobre o chão, aliviado.

- Ainda não entendo por que todo o medo e o preconceito sobre a morte. Pessoas deixam de sofrer quando não vivem mais. O nosso Imperador é ruim por querer isso para elas? – Questiono.

Depois que tudo termina, Raika dá as costas e me oferece carona de volta ao castelo. Animado, eu me levanto e aceito.

- A senhorita Pandora vai ficar bastante contente quando souber a surra que demos nesses vermes de Athena. – Comento.

Sigo junto a companheira de volta ao castelo.


_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Sex Jan 08, 2016 10:46 am

Depois de salvar e ajudar Ikkie, Odisseu permanece mais algum tempo na ilha junto ao seu verdadeiro guardião. Ele demorou pouco tempo a se reabilitar. Aparentemente, o calor emanado pelo vulcão tinha o poder de cicatrizar suas feridas. Quando ele finalmente está bem o suficiente para ficar de pé, ele e Odisseu saem para caminhar pela ilha, e assim ele começa a explicar ao Celestial:

- A Athena de agora ama a tudo e a todos na terra. Ela é uma deusa humana como todos costumam dizer, e esse amor e piedade se estende até mesmo aos criminosos e perversos. No começo, eu não concordava com esse ponto de vista, mas com o tempo eu passei a respeitá-lo. Quem somos nós para julgar o que é o certo e o errado? Nunca vai existir um mundo onde todos serão bons e a paz será eterna. O que Athena faz com essa ilha é concentrar o mal em um só ponto para impedir que eles se espalhem tanto. É verdade que as pessoas aqui sofrem, mas os homens devem ter a sua própria lei sem a interferência dos deuses. Eles devem aprender sozinhos. O feitor precisa aprender a ter compaixão pelo escravo, e o escravo precisa aprender a perdoar aquele que lhe feriu. O que nós aprenderíamos se a vida fosse limitada a sorrisos e flores? Pelo lutaríamos e a que daríamos valor?

Durante o seu retorno ao Olimpo naquele mesmo dia, Odisseu tem um bom tempo para refletir sobre as palavras daquele cavaleiro. Ele iria se reportar aos seus superiores, mas ele mesmo precisaria formular uma opinião própria sobre tudo que vivenciou no dito ‘Inferno na terra’.


Raika e Pantheras retornam ao castelo Heinstein, trazendo boas notícias à senhorita Pandora. A dúvida fora plantada na mente do Celestial, e se ele contasse a verdade sobre o que viu naquele lugar, Athena passaria por maus bocados no Olimpo. Como uma deusa que se diz boa permite um lugar onde as pessoas morram de fome e sofram todos os tipos de violência? Uma música alegre toca em sua harpa, enquanto os dois se encontram ajoelhados perante a deusa. Todas as suas feridas e cansaço são extirpados apenas com esse som.

Raika é liberada de seu serviço, e quando retorna ao seu quarto, é surpreendida quando vê alguém que ela já não via a um bom tempo. Jade, sua companheira, está de joelhos prestando respeito a uma garota de vestido vermelho sentada sobre a cama. Era Greta, com seus cabelos negros um pouco bagunçados e o olhar um pouco confuso.


- Todos as noites eu sonho com um homem. Ele é imponente, frio e possui enorme poder. Nós sempre caminhamos de braços dados por um lugar chamado Campos Elísios, e com palavras delicadas ele diz que nós dois seremos um só e que enquanto isso não acontece, eu devo ficar sempre perto de vc...


Com a saída de Raika, Pantheras levanta para se retirar e permitir que a senhorita descanse. O espectro faz sua reverência e se encaminha até a porta do aposento. Mas de repente, o dedo em que Pandora tinha o seu anel de serpente toca uma corda de sua harpa, e um fio de cosmo passa pelo corpo do guerreiro, paralisando totalmente os seus movimentos.

- Não entendo porque está se retirando, Pantheras de Papyllon. Eu ainda não o liberei. Tenho um novo serviço para vc.

Pandora se levanta de seu assento, caminhando até seu quarto de banho. O vestido negro que farfalhava pelo chão enquanto ela andava, escorrega pelo seu corpo, revelando seu corpo nu pelo breve momento que ela levou para entrar naquele cômodo. Então, misteriosamente a surplice abandona o corpo do guerreiro, e ele recupera seus movimentos...


Fim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 12 de 12Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 10, 11, 12

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
MENU
 :: Registros
-
Ir para: