InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10, 11, 12  Seguinte
AutorMensagem
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Ter Set 29, 2015 8:59 am

Vendo que era mais proveitoso mudar de adversário, Pantheras voa em direção à Fênix A, desta vez transferindo seu cosmo negro para as belas asas de Papyllon. Elas escurecem e se tornam verdadeiras lâminas, com as quais o Espectro tenta cortar seu novo adversário.

Pantheras usa ataque especial preciso (Asas Dilacerantes): Trevas 5 x3 + Habilidade 4 + 1D (5) = FA 24

Fênix A se defende: Armadura + Habilidade (-3) + 1D = FD 3

Pantheras gira seu corpo, trespassando o inimigo sem sequer sentir a rigidez de sua carne. Então metade do corpo do Fênix Negro se dobra para trás, e o seu sangue espirra para o alto como um grotesco chafariz.


Atendendo ao desejo do Espectro, Odisseu muda seu alvo, e para a sua surpresa, encontra pela frente um do Fênix paralisado pela toxina em um círculo de fumaça. Assim era mais fácil atacar, então o Celestial novamente cria as suas estrelas, e sem piedade ele as lança.

Odisseu usa ataque especial preciso (Finito): Luz 5 x2 + Habilidade 4 + 1D (4) = FA 18

Fênix C: Armadura + 1D = FD 4


As dúzia de estrelas criadas perfuram o dorso do Fênix Negro como as balas de um revolver, fazendo vários jatos de sangue espirrarem de seu corpo. Liberto da paralisia, ele cai morto, e este é o fim daqueles persistentes guerreiros. Um pequeno momento de paz se instaura naquela ilha, já que a erupção do vulcão finalmente havia terminado. O Celestial então aproveita para procurar pelas crianças que salvou, e vê que elas já não estão mais por perto. Podiam estar salvas na praia da ilha, ou mortas em algum canto distante.


Raika planejava atacar o mesmo Fênix que Odisseu, só para garantir que ele não estaria respirando e exigindo um novo ataque. Mas não foi necessário. As estrelas de Odisseu perfuram seu alvo como pequenos projéteis, derrubando o último deles. Aquele era o fim dos Fênix Negros, e agora cabia aos guerreiros decidir seu novo destino naquela ilha.


Status:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qua Set 30, 2015 8:57 am

Assisto os guerreiros levarem aqueles falsos cavaleiros a morte... Logo olharia a volta, vejo que o vulcão havia cessado a atividade...

Precisamos encontrar um local mais seguro... Veja Odisseu... Esse é o antigo continente de Mú... Acha que ficou melhor do que se Athena tivesse o deixado para o Imperador... Não haveria sofrimento ou dor... O sangue de todas essas pessoas, estão escorrendo pelo Santuário...

Caminharia pelo local, em busca de alguma casa que não tenha sido destruída pelo vulcão ou durante o combate...

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qua Set 30, 2015 9:20 am

Desço dos céus e uso meu cosmo para curar a perna de Pantheras. Precisávamos descansar um pouco, mesmo falsos guerreiros, tivemos que gastar uma quantidade razoável de cosmo, e creio que eles eram apenas as boas vinda.

Ouço as palavras de Pantheras.

_Concordo, não deveriam deixar aqui os humanos inocentes, esse resto de continente era para ser uma prisão para os criminosos, os guerreiros sem coração que só vivem para destruir, assim como as prisões infernais que punem as almas dos seres. Gostaria de entender como o selo daqui foi quebrado, já que esta ilha é guardada por um cavaleiro extremamente forte.

Procuro um lugar para abrigar a nós três, mas um lugar onde não seriamos surpreendidos por esses guerreiros negros.

-E obrigado Raika, por ajudar nesse luta, foi uma atitude nobre a sua - digo dando um leve sorriso.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qui Out 01, 2015 12:39 am

“E eu perdendo a minha cabeça por conta de guerreiros tão fracos...” penso, lamentando meu destempero em combate.

De qualquer forma, havia acabado. Vejo Raika falando a Odisseu sobre Athena, sobre a péssima maneira como ela administrava aquele mundo.

- Raika tem toda a razão, mas é inútil discutir questões divinas agora, visto que só passaram a se preocupar com esta ilha quando seus guerreiros passaram a causar problemas em seus templos. – Lembro.

Olho ao meu redor, tentando identificar os estragos causados pela erupção. Então fecho os meus olhos, procurando por possíveis outros cosmos a nossa volta.

- Posso sentir nos ossos que essa não será a nossa última batalha. – Comento.

_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Sab Out 03, 2015 8:16 am

Raika caminha ao redor do palco da batalha onde havia se sagrado vencedora. Os corpos dos homens mortos começavam a cheirar mal, o fedor da vida. Os três estavam em um tipo vilarejo, então havia ao redor dela algumas casas, grande parte delas destruídas pela lava que escorreu do vulcão, mas que agora começava a tomar forma de rocha que esfurmaçava ao ar.

- Hei, guerreiros, por aqui, rápido!

Um homem em uma das casas intactas gritava da porta, insistentemente. Era um velho baixo, de cabelo e barba negra com a pele bronzeada. Não se pode saber se daria pra confiar em alguém daquela ilha, mas como que para ajudar os guerreiros a tomarem uma decisão, cinco novos cosmos de poder equivalente ao deles são sentido vindo do sul daquela ilha, onde nuvens negras de tempestade avançam em sua direção.

- Andem logo, eles não irão demorar a chegar!


Status:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Seg Out 05, 2015 11:57 am

Vejo as casas destruídas... E enquanto caminhávamos pelo local, um homem nos chama... Ele fala que podemos nos esconder na sua casa...

Vamos...

Entro na sua mente em busca de informações sobre quem ele era e o que pretendia, queria pegar as lembranças mais tristes que ele tinha de viver nessa ilha dessa forma, não só coisas que aconteceram com ele, mas coisas que ele viu... Sigo para a casa... Outros cosmos podiam ser sentidos se aproximando... E não seria bom ficarmos lutando sem parar nessa ilha... Iriamos nos cansar....

Dentro da casa, observo o local atentamente e me sento enquanto esperava por Pantheras, tinha que dar um jeito na perna dele...

_________________



Última edição por Tony.Kage em Seg Out 05, 2015 9:48 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Seg Out 05, 2015 2:46 pm

Sigo atrás de Raika, era o melhor no momento e aquele senhor não parecia emanar cosmo,

Sentindo atrás de nós cosmos equivalentes aos nossos, penso em esconder e descansar antes do desafio.

_Aliados, temos que nos esconder, Pantheras precisa ser curado e temos que tentar ocultar nossos cosmos. Acho que os proximos não serão tão fáceis.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Ter Out 06, 2015 12:33 am

“Esses cosmos!” penso com os dentes cerrados.

Mal havia dado tempo de respirar, e novos inimigos se aproximavam. De qualquer forma nós tínhamos de lutar. Foi para isso que a senhorita Pandora nos mandou até aqui, para exterminar esses Cavaleiros Negros.

Mas algo bom acontecia logo em seguida. Alguém naquela maldita ilha parecia disposto a nos ajudar. Por mais que eu quisesse ficar e lutar, naquelas condições seria muito ruim para todos nós. Eu estava quase sem cosmo.


- Será que podemos confiar nesse homem? Lembrem-se de onde estamos. Ele pode estar tentando nos atrair para nos entregar em troca de uma recompensa. – Lembro a meus parceiros.

Seja lá qual fosse a resposta deles, eu os seguiria. Não era hora de pensar muito no que fazer, aqueles cosmos já estavam bem perto.

_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Ter Out 06, 2015 9:06 am

O homem abre a porta de sua casa para os guerreiros cansados da última batalha. Lá dentro eles se deparam com um lugar não muito agradável pra quem vive em castelo, mas confortável e espaçoso. Estão agora em uma sala, com um grande tapete desgastado estendido pelo chão. Paredes brancas em ruínas lhes dão as boas-vindas. O homem parecia assustado pelo modo como fecha a porta e se coloca sobre ela, como se temesse uma invasão.

- Eles estão vindo! Vcs precisam fazer silêncio absoluto, se esconderem se for preciso.

Talvez o homem tivesse razão. A quem quer que pertencesse aqueles cosmo, eles já estavam do lado de foram, vagando de um lado para o outro como se procurassem alguma coisa.

- Rápido, por aqui.

O velho homem caminha apressado na direção de um corredor, e no fim dele abre um alçapão para um velho porão.

- Entrem, vamos.

Alguém bate à porta com violência.
 


Status:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Ter Out 06, 2015 8:09 pm

Via o local para onde o senhor nos direcionava... Por alguns instantes pensava se realmente valia a pena se esconder como ratos... Mas seria uma oportunidade de investigar esses guerreiros...

Me manteria na mente do velho e usaria do teleporte para dentro do porão... Procurando um local adequado para me recostar...

Odeio ter que ficar escondida... Mas a nossa prioridade não é matar esses ratos...

Na Mente do velho ficaria observando a sua atitude diante do guerreiro e usaria o mesmo para vê-lo também o guerreiro...

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 5 de 12Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10, 11, 12  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
MENU
 :: Registros
-
Ir para: