InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Parceria] Saint Seiya RPG - Santuário RPG
Qui Jun 29, 2017 2:39 pm por Hades

» Final Alternativo - 02
Qui Jun 01, 2017 4:06 pm por Tony.Cyt

» Final Alternativo - 01
Ter Maio 23, 2017 10:46 am por Tony.Fenix

» Schenee - Amazona de Dourado - O Templo
Ter Fev 21, 2017 8:12 pm por SchneeKS

» [Parceria] Realm of Legends - Saint Seiya RPG
Sab Jan 21, 2017 12:06 am por Hades

» A Grande Batalha de Asgard
Seg Dez 26, 2016 5:42 pm por Anthea

» Pantheras e Raika - Um mergulho nas Trevas
Seg Dez 19, 2016 9:17 pm por Tony.Kage

» Aioria de Leão - A Adaga Dourada
Seg Dez 19, 2016 7:28 pm por Mu.

» A Rebelião dos Anjos
Dom Dez 11, 2016 11:29 pm por Grande Mestre

» Scorpio - A queda dos anjos
Qui Dez 08, 2016 5:49 pm por ScorpioKS

» Aella - O Resgate da Armadura
Qui Dez 08, 2016 5:40 pm por Art08

» Morto e Olívia - O Inimigo Atemporal
Dom Dez 04, 2016 10:47 pm por Mortinho

Fichas
ADMs e Narradores

Compartilhe | 
 

 Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 5, 6, 7 ... 10, 11, 12  Seguinte
AutorMensagem
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Ter Out 06, 2015 8:17 pm

Aceito a sugestão do senhor, mas não tenho tempo de agradecer já que mesmo praticamente nos empurra para o porao.

Tento no mesmo me esconder e ocultar meu cosmo, mas prestando atenção extrema no que acontecia em cima.

"Ainda existem pessoas de bem aqui" - penso

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Sex Out 09, 2015 10:37 pm

Desconfio inteiramente daquele senhor. Por que havia decidido nos ajudar do nada e se colocar assim em perigo contra aqueles guerreiros? Mas agora não era hora de discutir. Os Cavaleiros Negros estavam em nosso encalço novamente, e tínhamos pouca energia para lugar.

“Essa coisa de se esconder não é pra mim.” Penso, relutando em entrar no porão.

Mas ao ver meus dois companheiros seguindo até o esconderijo, entendo que esta seja a decisão mais sensata e me conformo, indo atrás deles. Lá, eu iria retirar minha armadura e encontrar um canto mais confortável possível para me recuperar o quanto antes.

_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Seg Out 12, 2015 8:52 am

Os três guerreiros descem até o porão, chegando a um ponto subterrâneo daquela casa cheio de caixas empoeiradas. O lugar estava longe de ser confortável, alguns ratos se escondiam em frestas na parede, observando os três com diabólicos olhinhos brilhantes.

Raika usa sua telepatia para entrar na mente do homem e o faz com facilidade, descobrindo que ele se chamava Hilas, e que era o mais importante senhor de escravos da ilha. Mas por qual motivo um homem tão perverso os ajudava, Raika não conseguia descobrir. As informações dentro de uma mente são como as peças espalhadas de um quebra-cabeças. É preciso tempo para conseguir juntá-las.

No andar de cima, uma conversa ríspida pode ser ouvida, e uma das vozes pertencia ao homem que os ajudou. Começa com alguém perguntando onde os guerreiros estão, e Hilas responde dando informações falsas. A voz que entrou na casa questiona o senhor de escravos, ameaçando matá-lo se estivesse mentindo, mas o homem sustenta a mentira mesmo quando a ameaça é levada às últimas consequências.

A última coisa que os guerreiros ouvem é a porta de entrada da casa sendo batida com força. Não tinha como saber o que havia acontecedo, era provável que os Cavaleiros Negros houvessem descoberto a mentira, matado Hilas e estar agora na casa, apenas fingindo que haviam ido embora para que os guerreiros aparecessem. Então o alçapão é novamente aberto, e os guerreiros podem respirar aliviados, porque era Hilas que estava descendo.


- Essa ilha está mesmo um caos. Bem, ela sempre foi um caos, mas agora... Depois que o Ikki foi pego em uma emboscada pelos capangas do Jango, os Cavaleiros Negros estão fora de controle. Destroem tudo, saem da ilha com liberdade. Eu não sei como isso vai acabar.

O homem gordo se senta sobre uma das caixas, respirando após tanto falar.

- Vcs derrotaram aqueles Fênix Negros lá fora. Devem estar aqui por algum motivo, ninguém vem até essa ilha para passar férias. Por favor, eu peço que me ajudem! Com Jango no controle, não há negócios que sobrevivam.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qua Out 14, 2015 9:59 am

Vejo que o homem é um senhor de escravos... Logo passo as informações para os outros... Ouço as conversas que ocorrem no andar de cima... Durante um tempo ficamos sem saber o que havia ocorrido, mas logo Hilas surge...

Ouço as suas palavras... E logo que ele nos pede ajuda, falo para os outros...

Não temos que perder tempo aqui lutando contra esses vermes... Mas veja servo do Pai dos Deuses... O homem mais nobre daqui, é um vendedor de escravos... O que prefere Odisseu... Deixar que a matança continue ou que escravos sejam vendidos ? Está é a Ilha da Rainha da morte, a qual Athena deveria cuidar...

Aguardaria a opinião dos dois... Estávamos ali para mostrar a Odisseu o estado que Athena deixava aquele local, e não para se meter nos problemas dos outros, apesar de que esses Cavaleiros Negros causam problemas demais se ficarem sem controle... Colocar esse Ikkie no comando talvez não fosse tão ruim assim...

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Qua Out 14, 2015 6:59 pm

_ Vi idosos e crianças aqui, essa ilha é o inferno na terra... parece uma das prisões do meikai...

Olho para Raika, nesse ponto ela tinha razão e consentia em suas palavras.

Minha função era ser servo dos deuses quando não estava servindo ao grande Zeus. Entristecia-me aquilo.

Aproveito o link mental de Raika

-Se nessa ilha não houver um ser justo eu mesmo destruirei o local. Mas, se houver um só justo vou lutar para eliminar esses mercadores imbecis que me enojam e sei que Ikkie sabe controlar os cavaleiros negros.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Sab Out 17, 2015 10:05 am

“Quem diabos é Ikkie?” me pergunto.

O homem parecia muito preocupado com a condição da ilha, mas só por causa do seu maldito negócio de escravos. Típico de um ser humano. Eu só podia esperar que na morte, quando o dinheiro e a influência não fazem mais diferença, ele mude seu comportamento.

Vejo Raika tentar convencer Odisseu de que Athena erra com aquele lugar, e cada vez mais eu estou convencido também. Mas quando vencermos a próxima grande guerra, isso irá mudar. Não haverá sofrimento em uma parte sequer do belo mundo que o Imperador irá criar.

- Então só temos que destruir aqueles palhaços lá fora e tirar esse tal de Jango do poder? Vai ser fácil. – Digo com um sorriso confiante.

_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora Heinstein

avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 21/02/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Seg Out 19, 2015 10:00 am

Por dois dias os Cavaleiros Negros correram pela ilha, revistando todos os cantos e demonstrando um elevado poder ao tocar o terror contra seus moradores. Odisseu, Pantheras e Raika aproveitaram este tempo para descansar, e mesmo naquele porão com a má alimentação que a ilha pode oferecer, eles se recuperaram completamente, tanto em vida quanto em cosmo. Mas a perna de Pantheras seguia quebrada.

As coisas na “superfície” pareciam ter voltado ao normal agora. A vibração da terra indicava que as pessoas do vilarejo retornaram a sua rotina, e nenhum sinal do cosmo daqueles Cavaleiros Negros era sentido. Essa paz se confirmou quando Hilas retornou ao porão mais animado do que nunca e se dirigiu aos guerreiros da seguinte forma:


- Acabou. Aqueles demônios já se foram! Agora será muito simples para vcs chegarem até o Ikkie. Ele está preso em uma das cavernas do vulcão. Sentirão o poderoso cosmo dele assim que se aproximarem. Mas tomem cuidado. Jango não é nenhum tolo. Com certeza colocou poderosos vigias para impedir que Ikkie escape.



Status:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Kage

avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Ter Out 20, 2015 11:59 am

O tempo parece se arrastar enquanto estamos enfurnados naquele local imundo... A minha paciencia se esgotava, usava da minha telepatia para me manter atenta ao que ocorria no vilarejo...

Vejo que Pantheras ainda estava muito debilitado devido a sua perna quebrada... Mas ao menos ele tinha as suas asas... Logo que Hilas nos fala que os cavaleiros negros sairam no vilarejo e nos da a localização de onde está Ikkie, viro para os outros dois guerreiros e lhe envio mentalmente...

Vamos logo então... Já perdemos tempo demais nessa ilha amaldicoada... Se libertar Ikkie irá por essa ilha em suas melhores condições, por pior que essa condição seja...

Me levanto e ajeitando a minha roupa, invoco o meu cajado das sombras e faço as sombras subirem pelo meu corpo, trajando a minha surplice...

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pantheras

avatar

Mensagens : 182
Data de inscrição : 05/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Ter Out 20, 2015 2:10 pm

Os dias se passaram, com meu corpo se recuperando da última batalha, mas impossibilidado de recuperar minha perna quebrada.

“Tudo bem. É só uma perna. Eu ainda tenho meus punhos.” Penso.

Depois de um tempo, parece que os Cavaleiros Negros pararam de nos procurar, e assim a ilha pode seguir com sua vida de escravidão e sofrimento. Hilas desce até o porão para nos avisar de que realmente as coisas estavam mais calmas.

- Sim, vamos. – Condordo com Raika.

Assim, chamo minha Suplice. Não seria seguro andar pela ilha sem ela. Após estar devidamente trajado, sigo para o lado de fora e vou em direção ao vulcão.

_________________
Um Demônio em metamorfose. A bela borboleta convidando para o mundo dos mortos...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeeSiuLoong

avatar

Mensagens : 341
Data de inscrição : 04/03/2015

MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   Ter Out 20, 2015 7:16 pm

Levanto, era hora de lutar para salvar essa ilha, o tempo corria e pessoas poderiam ser feridas.

_Sim - respondo Raika mentalmente - e se possível acabar com esses cavaleiros negros.

Tento usar meu cosmo para curar a perna da Pantheras, seria de grande ajuda, ele 100%.

_Vamos. è hora de lutar.

_________________

O vigia do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ainda que eu caminhe pelo vale das sombras
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 6 de 12Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 5, 6, 7 ... 10, 11, 12  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Blaze Cosmo  :: 
MENU
 :: Registros
-
Ir para: